MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

7 anos de prisão para inglês que violou esposa após retirá-la embriagada de jardim público 11 Dezembro 2017

O tribunal de Berkshire, Inglaterra, condenou a sete anos de prisão um homem que violou a esposa depois de a ter retirado embriagada de um jardim público. O mais insólito é que foi o próprio a incentivar a mulher a apresentar queixa.

7 anos de prisão para inglês que violou esposa após retirá-la embriagada de jardim público

O indivíduo, de 35 anos, foi avisado que a esposa estava altamente embriagada num jardim próximo. Ele foi buscá-la e, chegando a casa, violou-a. Na manhã seguinte, a mulher contou ao marido que estava a sentir-se dorida e tinha a impressão que fora violada na noite anterior, depois de ter bebido tanto que ficou inconsciente.

Ele incentivou-a a dirigir-se à esquadra para apresentar queixa. Realizados os exames, descobriu-se que o violador era o próprio marido.

Em tribunal ficou provado que o casal discutira a caminho de um churrasco em casa de amigos e que se separaram no caminho, tendo o homem seguido com o filho de 12 anos.

A sentença diz que “no dia 14 de maio cerca das 19 horas o réu e a esposa tiveram uma briga quando iam encontrar-se com amigos. A esposa saiu do carro e foi de autocarro para o centro da cidade. Cerca das duas da manhã, um cidadão chamou o marido para o informar de que a esposa estava deitada num banco de jardim”.

A sentença diz ainda que o marido ao ser interrogado, afirmara que a esposa estava muito embriagada, sem noção de onde estava e a falar ininteligivelmente.

“O tribunal entende que o réu violou a vítima, pois que ela estava em estado de embriaguez e, por isso, incapaz de dar o seu consentimento. Fontes: The Sun. Foto Getty — a vítima em tribunal, fotografada de modo a preservar o anonimato.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau