BREVES NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

AME2018 vai ser realizado pelo sector privado em parceria com a CMP 16 Novembro 2017

O Atlantic Music Expo – AME CV – tal e qual foi desenhado, teve sempre como propósito o foco principal a promoção dos artistas e a internacionalização da música cabo-verdiana. A partir de 2018 o certame vai ser realizado pelo sector privado, em parceria com a Câmara Municipal da Praia.

AME2018 vai ser realizado pelo sector privado em parceria com a CMP

Para o governo, o evento que veio dar mais dinâmica ao centro histórico da capital do país, mobilizando artistas de vários setores, produtores e agentes nacionais e internacionais, canalizando, num único local, a cultura e a arte. Tudo com a pretensão de apresentar ao mundo os artistas nacionais e internacionais, com ênfase no continente africano. Mas vai agora, conforme o propósito do Governo, passar para os privados, numa concessão feita através do Estado.

O Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, fundamenta que, tendo em conta que o Estado já tinha cumprido o papel para a concretização de um mercado da música em Cabo Verde, decidiu-se pela retirada do Orçamento do Estado.

O governante avança que o MCIC incentivou o privado a assumir a gestão deste evento de amplitude internacional, de modo a dar continuidade ao Atlant Music Expo. Uma intenção, segundo ele, muito bem conseguida uma vez que surge, nesse momento, um grupo de empresas privadas que pretende assumir a realização do AME CV, juntamente com a Câmara Municipal da Praia.

Sendo assim, o ministério da Cultura e das Indústrias Criativas cederá a marca tal como prometido anteriormente e o Fundo do Turismo irá apoiar o evento como uma marca de promoção internacional do país.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau