SOCIAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Fogo: Adolescente acusado de assaltar turistas é internado no Centro Orlando Pantera 01 Agosto 2017

O Ministerio Publico determinou o internamento em regime semi-fechado no Centro Orlando Pantera, do adolescente de 15 anos acusado de ter assaltado um casal de turistas alemães na Praia de “Fonte Bila” em São Filipe, soube o Asemanaonline.

Fogo: Adolescente acusado de assaltar turistas é internado no Centro Orlando Pantera

Esta é a medida de caução que o MP encontrou para aplicar o referido adolescente, já que não pode ser mandado para cadeia por ser ainda um menor.

José Barros de Pina, mcp “Zitim de Zito” tinha sido detido e entregue ao Ministério Público para o apuramento das alegadas responsabilidades criminais pelo roubo que fez ao casal de turistas alemães.

Tudo aconteceu na Praia« Fonte Bila». Entretanto, do Restaurante Seafood, nas proximidades da referida praia, estavam pessoas que viram o facto e accionaram de imediato a Policia Nacional, que respondeu de imediato. Perseguiram Zitim de Zito, que foi apanhado nas proximidades do aeroporto de S.Filipe.

O assaltante levou uma bolsa, que continha máquina fotográfica, telemóvel, uma quantia em dinheiro e outros objectos pessoais do casal. Soube este diário que o assaltante foi detido pelos agentes da Polícia Nacional, ainda na posse de outros objectos pertencente a turistas, que foram também assaltados na na cidade dos sobrados do Fogo.

Zitim era um dos "clientes habituais" da Policia Nacional pela prática de roubos e furtos em várias residências e lojas, em São Filipe.

Esta é uma situação que acontece há alguns anos na Cidade e nos bairros de São Filipe. O número de menores envolvidos no crime, torna-se motivo de preocupação para os sanfilipenses. São na maioria crianças com idades compreendidas entre 10 e 15 anos, que vêm cometendo crimes de varia natureza.

A PN já identificou algumas dessas crianças. Reconhecidos já estão também alguns dos principais aliciadores, que incentivam estes menores ao mundo do crime. Os menores são acusados de actos de vandalismo contra pessoas e bens, bem como de assaltos, com o auxílio e uso de armas branca.

Para além dos casos de roubos e furtos, algumas crianças fazem pedido de dinheiro e comida na rua. Quando não são atendidas, ameaçam às pessoas, dizem as fontes do Asemanaonline.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau