POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Alberto Nunes lança primeira pedra para construir jardin infantil de Monte Vermelho 19 Setembro 2017

Acontece na tarde desta terça-feira,19, em Santa Catarina do Fogo, o lançamento da primeira pedra para a construção do jardim infantil da localidade de Monte Vermelho, zona sul do município de Santa Catarina do Fogo. A cerimónia será presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, Alberto Nunes.

Alberto Nunes lança primeira pedra para construir jardin infantil de Monte Vermelho

O projecto é financiado pela Embaixada da República Popular da China em Cabo Verde. A construção do infantário representa um investimento na ordem dos 2. 200 contos.

Conforme Alberto Nunes, a ideia é ter a infra-estrutura pronta para ser inaugurada por ocasião das festas do Dia do Município e de Santa Padroeira, que se comemora a 25 de Novembro. A mão-de-obra é local, isto com o fito de criar alguns postos de trabalho naquela localidade.

A fazer fé na mesma fonte, a edilidade prevê arrancar ainda neste mês de Setembro com a construção de um outro infantário em Chã das Caldeiras. Este será financiado com base no donativo financeiro arrecadado através da Radiotelevisão Cabo-verdiana (RTC) para a população deslocada de Chã das Caldeiras. O projecto está sob a alçada do Ministério da Agricultura e Ambiente, que está, neste momento, a trabalhar na contratação da empresa que executará as obras.

ME garante transporte dos estudantes de Chã

O município de Santa Catarina do Fogo conta com 1.300 alunos neste ano lectivo. Os dados avançados pelo delegado, Osvaldo Rodrigues, apontam para 985 alunos no EBI para um total de 49 professores e 315 alunos no ensino secundário para 31 docentes.

No tocante ao problema de transporte dos cerca de 131 crianças e adolescentes de Chã das Caldeiras - cujas famílias têm residência fixa na Caldeira ao sopé do vulcão activo, Monte Grande e Achada Furna - o Ministério da Educação anuncia que vai assumir os custos com o transporte escolar dos alunos.

Mas a Escola de Cabeça Fundão está ainda em obras de remodelação para receber as crianças que residem actualmente em Chã das Caldeiras - os trabalhos ficarão concluídos nos próximos dias.

Entretanto, Osvaldo Rodrigues garantiu que tudo está a postos para que o novo ano lectivo decorra sem sobressaltos no concelho. Mas o delegado da Educação alerta que, porque o concelho conta com a maioria das escolas no meio rural, muitos dos pais deixam para fazer as matrículas no início do ano lectivo. Por isso, admite que o número de efectivos possa aumentar no começo das aulas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau