LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Angola: MPLA anuncia vitória por maioria qualificada antes dos dados oficiais 24 Agosto 2017

No poder em Angola desde 1975, o partido diz que com cinco milhões de votos escrutinados em todo o país, pode eleger João Lourenço para Presidente da República. UNITA contesta e pede à Comissão Nacional de Eleições que divulgue dados "reais"

Angola: MPLA anuncia vitória por maioria qualificada antes dos dados oficiais

O MPLA já cantava vitória desde a madrugada, mas agora, com cinco milhões de votos escrutinados, anunciou mesmo que tem a “maioria qualificada assegurada” e a eleição de João Lourenço para Presidente da República, depois das eleições gerais que decorreram ontem, quarta-feira, no país. Note-se, porém, que ainda não foram divulgados os resultados oficiais.

Eram cerca das 11:50 quando, na sede nacional do partido no poder há 42 anos, o secretário do Bureau Político, para as questões políticas e eleitorais, João Martins, fez o anúncio aos jornalistas.

Temos vindo a fazer a compilação dos dados que os nossos delegados de lista nos têm remetido, das atas síntese que obtiveram das assembleias de voto a nível de todo o país. E, numa altura em que temos escrutinado acima de cinco milhões de eleitores, o MPLA pode garantir que tem a maioria qualificada assegurada".

UNITA contesta

O vice-presidente do maior partido da oposição , a UNITA, contestou já este anúncio de vitória. Raúl Danda exortou a Comissão Nacional Eleitoral "a ter a coragem de divulgar os resultados provisórios reais" que vão chegando aos partidos.

Não sei de onde o MPLA está a tirar este resultado. Nós estamos a falar daquele que é o resultado real, e que estamos à espera que a CNE tenha coragem de divulgar. Não sabemos porque não o fez até agora".

Era ainda madrugada, quando o MPLA começou a cantar vitória. Apesar da rapidez com que o partido anunciou a vitória, a contagem dos votos faz-se em duas fases: a primeira provincial e, depois, uma segunda contagem final em Luanda. É preciso esperar pelos resultados oficiais.

Mais de 9 milhões de angolanos votaram para preencher os 220 lugares no parlamento. O cabeça-de-lista do partido mais votado será o sucessor de José Eduardo dos Santos. Ao que tudo indica, esse cargo será então ocupado por João Lourenço. Fonte: TVI 24

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau