INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Assembleia Constituinte afasta procuradora-geral da Venezuela 05 Agosto 2017

A nova Assembleia Constituinte venezuelana, que entrou em funções esta sexta-feira, decidiu afastar a procuradora-geral numa das suas primeiras decisões. Luisa Ortega Diaz era até agora a principal figura do Estado da Venezuela que critica o Presidente Nicolás Maduro e que denunciou nos últimos dias a ilegalidade da constituinte.

Assembleia Constituinte afasta procuradora-geral da Venezuela

No Twitter, o Partido Socialista Unido da Venezuela informou que foi aprovada a destituição da procuradora por “falhas graves no exercício das suas funções”.
Já este sábado, Diaz afirmou, no Twitter, que há um “cerco” militar por parte das forças venezuelanas junto do edifício do Ministério Público em Caracas. Diaz publica fotos aparentemente tiradas de câmaras de segurança que mostravam cerca de 30 guardas nacionais. A agência Reuters também difundiu fotografias com polícias junto ao edifício em causa.

Além disso, na quinta-feira, a procuradora-geral da Venezuela, Luísa Ortega Díaz, anunciou a abertura de uma investigação sobre a alegada manipulação eleitoral.
Esta sexta-feira, Maduro já havia acusado Ortega Diaz de ser cúmplice da “insurgência armada” que tem dominado as ruas venezuelanas nos últimos tempos, referindo-se às manifestações contra o regime

Mercosur suspende Venezuela

Também o bloco do Mercado Comum do Sul, conhecido por Mercosur, decidiu tomar posição e suspender a Venezuela, por um período indefinido, exigindo a Maduro que liberte os presos políticos e que inicie imediatamente a transição política.
O anúncio foi realizado em São Paulo, onde decorreu uma cimeira convocada de urgência pelos ministros dos Negócios Estrangeiros da Argentina, Paraguai e Brasil. Fonte: O Público

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau