MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Australiano volta à vida dois dias após desligarem máquinas 24 Mar�o 2018

O australiano Beau Shortis estava em coma havia um mês, com um traumatismo craniano, quando os médicos decidiram cortar-lhe o suporte de vida, certos do diagnóstico de "morte cerebral". A família aprovou, convencida de que já não havia nada mais a fazer. Dois dias depois de desligadas as máquinas, o homem de 35 anos acordou.

Australiano volta à vida  dois dias após desligarem máquinas

Os médicos do Hospital de Frankston, no litoral sul australiano, tinham errado ao desistirem de Beau, desligando as máquinas.

Voltaram a errar: o seu novo diagnóstico era que Beau Shortis não iria recuperar totalmente a locomoção.

Na melhor das hipóteses, prognosticaram-lhe, teria de esperar pelo menos oito meses, após um programa de recuperação, para poder levantar-se pelo próprio pé.

Mas segundo o próprio garantiu, ele decidiu que "depois desse milagre, a recuperação era agora por minha conta" e ia fazer tudo para deixar o hospital o mais depressa possível.

Em oito semanas recuperou e voltou para casa, para junto da mulher e dos três filhos.

Noite de violência na despedida de solteiro

A festa de despedida de solteiro do melhor amigo foi tão intensa, como se vê nos filmes. Uma noite de amigos num restaurante local, com excessos. E no fim uma cena de pugilato, que não estava muito fora do roteiro.

Só que o grupo de amigos não contava que, após uma noite de excessos, um único soco ia atirar Beau para a quase-morte. Um soco que o atirou para o passeio cimentado, donde já não se levantou. O traumatismo craniano tinha-o deixado em coma.

Um mês depois, perdidas as esperanças de que ele viesse a acordar, a família, mulher e três filhos pequenos, despedia-se do pai e marido. Mas o destino deu a Beau uma nova oportunidade.

Renascido virou ativista contra a violência

Beau ao ser entrevistado, pela imprensa local esta semana, na província de Victoria a oitocentos quilómetros da capital, Sydney, afirmou que para ele acabaram as brigas de bar e que vai ativamente lutar contra a violência que o pôs às portas da morte. Na certeza de que é difícil um milagre voltar a repetir-se, com ele ou com outros.

Fontes: Daily Mail //au.news.yahoo.com/sunrise/a/39576330/one-punch-victim-wakes-up-two-days-after-life-support-was-switched/

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau