INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Banco Mundial ajuda países africanos a adaptar-se às alterações climáticas 26 Novembro 2015

O Banco Mundial (BM) vai ajudar os países africanos que têm de adaptar-se urgente às alterações climáticas. O plano do BM está avaliado em 16 mil milhões de dólares para o período 2016-2010. As previsões da instituição financeira apontam que 43 milhões de africanos podem juntar-se até 2030 aos que vivem abaixo da linha da pobreza, devido às alterações climáticas.

Banco Mundial ajuda países africanos a  adaptar-se às alterações climáticas

O plano "Acelerar a resiliência às alterações climáticas e desenvolvimento com base na economia de baixo carbono" será apresentado na Cimeira do Clima (COP21), que começa na próxima semana em Paris e que visa concluir um acordo mundial para travar o aquecimento global.

Segundo um comunicado do presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, "a África subsaariana é altamente vulnerável às consequências das alterações climáticas e a nossa investigação mostra que isso pode ter impacto a longo prazo em tudo, da má nutrição infantil à malária e do aumento do preço dos alimentos às secas".

Este responsável adianta que o objectivo passa por "identificar passos concretos que os governos africanos podem dar para garantir que os seus países não perderão ganhos duramente conquistados" relativos ao "crescimento económico e redução da pobreza, e que poderão oferecer alguma protecção em relação às alterações climáticas".

Este plano do BM prevê a realização de projectos em domínios tais como a agricultura, energias solar, hidroelétrica e geotérmica. O alcance geográfico destas acções inclui zonas como a bacia do Níger, o Lago Chade e a costa ocidental, entre outros. Ainda, o plano prevê a produção de informação e formação viradas para o desenvolvimento de práticas sustentáveis.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau