REGISTOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cabo Verde é o segundo país mais livre de África 20 Agosto 2015

Cabo Verde está no lugar 54 do ranking dos países mais livres do mundo. A primeira edição do Índice de Liberdade Humana, divulgado ontem, 19, pelo instituto norte-americano Cato, estabelece uma relação directa entre a liberdade humana e a democracia. Em África, Cabo Verde só é ultrapassado pelas ilhas Maurícias (19º).

Cabo Verde é o segundo país mais livre de África

"O índice apresentado elenca uma vasta análise da liberdade humana, entendida como a ausência de constrangimentos coercivos, e usa 76 indicadores de liberdade pessoal e económica" em áreas como o cumprimento da lei, a segurança, a circulação, a religião, o tamanho do Governo ou as relações individuais.

De acordo com os autores Ian Vásquez e Tanja Porcnik, o Índice de Liberdade Humana (HFI, no original em inglês) "é o índice mais abrangente criado até agora para um conjunto suficientemente significativo de países". Consegue estabelecer uma relação directa entre a liberdade humana e a democracia, sendo Hong Kong uma excepção.

Usando uma escala de 0 a 10, em que 10 representa o maior nível de liberdade, a análise das 76 alíneas que constituem o índice mostra uma média de 6,96 nos 152 países em estudo.

Os dez países com maior liberdade humana são Hong Kong, Suíça, Finlândia, Dinamarca, Nova Zelândia, Canadá, Austrália, Irlanda, Reino Unido e Suécia, aparecendo os Estados Unidos na 20.ª posição na lista que tem nos piores lugares Myanmar (antiga Birmânia), a República Democrática do Congo e o Irão.

Por países, constata-se que os maiores níveis de liberdade estão na Europa e na América do Norte, e os menores no Médio Oriente, África subsariana e sul da Ásia.

"Os países no topo da lista da liberdade humana beneficiam de um rendimento individual significativamente maior", o que sugere que existe "uma forte correlação entre a liberdade humana e a democracia", lê-se no estudo divulgado ontem.

Cabo Verde é segundo na CPLP e primeiro dos PALOP

No contexto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, apenas Portugal (25º) está à frente de Cabo Verde. Seguem-se Brasil (82), Timor-Leste (103), Moçambique (116), Guiné-Bissau (131) e Angola (135). São Tomé e Principe e a mais recente membro da CPLP, a Guiné Equatorial, não foram incluídos no estudo.

C/ Económico

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau