ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cabo Verde melhora a sua pontuação no Índice da Heritage Foundation 02 Fevereiro 2016

Cabo Verde ocupa a 57ª posição - a mesma de 2015 - no ranking global do Índice de Liberdade Económica 2016. Mas tem agora 66,5 pontos (dos 100 pontos possíveis), mais 0,1 pontos que a edição anterior, altura em que conseguiu a sua melhor pontuação de sempre. O noss arquipélago continua por isso na lista dos países “moderadamente livre”.

Cabo Verde melhora a sua pontuação no Índice da Heritage Foundation

A fundação que mede a liberdade económica no mundo revela que Cabo Verde e o terceiro país em África, ultrapassado apenas pelas Maurícias e Gana. Destaca os sucessos de Cabo Verde a nível da reestruturação do Estado de Direito, que facilitaram a sua transição para um sistema económico mais aberto e flexível. Diz ainda que os direitos de propriedade são fortemente protegidos em comparação com outras economias desta região da África Subsaariana.

“As reformas de fundo feitas nesta pequena economia deste Estado insular reduziram a corrupção e melhoraram a qualidade do ambiente regulatório”, lê-se no documento, que destaca ainda as preocupações pela gestão de gastos públicos e liberdade de trabalho num país que classifica de “multi-partidário, com democracia estável, parlamentar e dirigido há vários anos com o Primeiro-ministro, José Maria Neves.

“Cabo Verde têm poucos recursos naturais. A economia é de serviço e a maioria dos alimentos consumidos no país são importados. A maior parte da população cabo-verdiana reside fora do país. As reformas em curso visam aumentar o investimento estrangeiro e diversificar a economia”, acrescenta o relatório, que indica ainda que Cabo Verde possui níveis relativamente altos de transparência e baixos níveis de corrupção.

Lemra que a propriedade privada é razoavelmente bem protegida, o judiciário é constitucionalmente independente e respeitado, mas o sistema judicial é ineficiente por causa dos atrasos significativos.

O Heritage Foundation avaliou 166 países. Hong Kong lidera o ranking de liberdades económicas com 88,6 pontos, seguido por Singapura com 87,8 pontos e Nova Zelândia com 81,6. Cabo Verde está no grupo dos países “moderadamente lívres”. Entre os países que falam o português, Portugal aparece no 64º lugar, São Tomé e Príncipe 120º, Brasil 122º e Angola 156º.

Dados completos no link: http://www.heritage.org/index/ranking

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau