DESPORTO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cabo Verde perde em Marrocos e compromete qualificação para CAN 2017 29 Mar�o 2016

A selecção de futebol de Cabo Verde voltou a perder esta terça-feira com a sua congénero de Marrocos no Grand Stade Marrakech e comprometeu a sua qualificação para o Campeonato Africano das Nações, CAN2017. O primeiro golo da selecção marroquina foi apontado aos 55 minutos por El Arabi, de "penalty" cometido por Carlos "Kay" Graça, mas foi muito contestado.

Cabo Verde perde em Marrocos e compromete qualificação para CAN 2017

Em partida referente à quarta jornada do Grupo F do CAN2017, a selecção cabo-verdiana era obrigada a vencer o Marrocos para recuperar a liderança do grupo, perdida no passado sábado no Estádio Nacional (0-1). Também evitaria a qualificação imediata da equipa marroquina para o Gabão 2017.

Mas os contratempos foram muitos. No primeiro tempo, a selecção nacional ainda conseguiu resistir às investidas dos marroquinos . Mas logo no início do segundo tempo, os marroquinos adiantaram-se no marcador através de uma grande penalidade, apontada por El Arabi, numa jogada muito duvidosa. Aliás, a arbitragem foi muito tendenciosa e, de alguma forma, condicionou a prestação dos jogadores cabo-verdianos. O mesmo jogador, El Arabi ampliou a vantagem aos 60 minutos, deitando por terra a esperança dos “Tubarões Azuis”.

A jogar com menos um jogador em campo desde o minuto 50 da partida, a selecção cabo-verdiana estava sem norte. Perdia muitas bolas no meio campo e estava nervosa. A prova disso foi uma falta injustificada cometida por Júlio Almeida. Cabo Verde simplesmente não conseguia afastar a bola do seu meio-campo. O desânimo era visível no semblante dos jogadores e da equipa técnica.

O seleccionador Beto ainda fez uma substituição. Fez entrar o jogador estreante Janir, mas de nada adiantou porque já não se via uma linha de jogo consistente no combinado nacional. Os jogadores colocaram o “coração” na ponta das botas, mas nunca acertaram na baliza do guarda-redes dos “Leões do Atlas”.

Até o final, o resultado não se alterou. Aliás, o jogo foi mais num sentido, ou seja, com o Marrocos a atacar e Cabo Verde a defender-se. Os “Leões do Atlas” qualificaram-se directamente para a CAN 2017 no Gabão, tornando-se a primeira equipa a conseguir este feito, apenas ultrapassados pelos anfitriões. A equipa da casa somou 3-0 sobre os Tubarões Azuis, nas duas partidas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau