DESPORTO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cabo Verde perde em Moçambique 11 Outubro 2014

A selecção cabo-verdiana de futebol perdeu este sábado com Moçambique por 2 – 0, na partida disputada no estádio Machava, na 3ª jornada de apuramento para o Campeonato Africano das Nações (CAN), a ser disputado em 2015, no Marrocos. Posto este resultado, os Tubarões Azuis mantêm a liderança do grupo F, com seis pontos. Com menos um ponto segue Moçambique. As duas equipas voltam a enfrentar-se na próxima quarta-feira, na Cidade da Praia.

Cabo Verde perde em Moçambique

Moçambique entrou melhor na partida,mais descontraído, desinibido e a trocar muito bem a bola. E foram os “Mambas” a criarem os primeiros lances de perigo nos minutos iniciais, junto da baliza do guardião Vozinha. A passagem do minuto 43, fez-se a justiça no marcador, Kito fez balançar as redes cabo-verdianas pela primeira vez.

Cabo Verde sentia muitas dificuldades em sair para o ataque e apenas fez um remate à baliza na primeira parte. Os alas, os principais desequilibradores dos "tubarões azuis", não tinham bola e raramente estiveram em jogo. Odair Fortes e Garry Rodrigues raramente conseguiram bater Miro e Dário Khan.

Na segunda parte Cabo Verde entrou melhor, criando algumas oportunidades de golo, pressionou muito lá na frente, mas não conseguiu reduzir a desvantagem. E como quem não marca sofre, aos 20 minutos Reginaldo fez o segundo para os Moçambicanos, fixando o resultado final em duas bolas a zero.

O seleccionador Rui Águas apostou no ataque, fazendo entrar Djaniny, Heldon e KuKa. Djaniny teve hipótese de reduzir mas o seu remate, já dentro da área, saiu por cima.

Instantes após o apito final, Rui Águas deu os parabéns à equipa adversária pela vitória. Para a próxima partida, o seleccionador nacional espera um resultado diferente em casa, no Estádio Nacional, contando com o apoio natural dos adeptos cabo-verdianos para galvanizar os seus Tubarões Azuis?

Para o avançado Djaniny a partida com Moçambique “foi mal, perdemos e agora é preparar o próximo jogo”.

O autor do segundo golo, o moçambicano Reginaldo reconheceu que esta vitória foi importante para as aspirações moçambicanas. “Não esperávamos um jogo fácil, mas vencemos e estamos de parabéns”, disse.

Já o técnico João Chissano era um homem “feliz, não cabia em si de tanto orgulho. No entanto acha que o resultado foi melhor que a exibição, perspectivando um jogo difícil na próxima quarta-feira, na Cidade da Praia.

Cabo Verde encaixa a sua primeira derrota, depois das vitórias por 3-1 frente ao Níger e do 2-1 sobre a Zâmbia. Apesar deste desaire em Maputo, Os Tubarões Azuis continuam a liderar o grupo com seis pontos, Moçambique vem em segundo lugar com cinco. Na outra partida do grupo, Zâmbia e Níger empataram sem golos. Na próxima quarta-feira os "tubarões azuis" recebem na Praia os "mambas" de Moçambique.

Nicolau Centeio

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau