ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cabo Verde vai assinar proximamente um protocolo de facilitação de negócios com a Espanha 02 Agosto 2017

O Governo de Cabo Verde vai assinar um protocolo de facilitação de negócios com a Espanha e demais Estados da União Europeia, anunciou, hoje, o Ministro dos Negócios, Estrangeiros e das Comunidades, Luis Filipe Tavares.

Cabo Verde vai assinar proximamente um protocolo de facilitação de negócios com a Espanha

O anuncio foi feito na cerimónia de empossamento dos novos embaixadores de Cabo Verde em Espanha e no Senegal, Manuel Ney Cardoso, e Inácio Felino Carvalho, respectivamente.

O governante disse que com Espanha vai-se trabalhar num seminário de cooperação para juntos definirem as novas áreas de cooperação e sobretudo na forma de atrair mais investimentos espanhol para Cabo Verde.

“Nós vamos assinar um protocolo de facilitação de investimentos com a Espanha e os demais 26 membros da União Europeia no quadro do pilar investimento, crescimento e emprego, introduzido recentemente na parceria especial”, disse.

Por isso mesmo, considerou que a missão do novo embaixador de Cabo Verde no Reino de Espanha, Manuel Ney Cardoso, é de extrema importância, já que conforme salientou, para além de ser “um excelente parceiro político”, Espanha é também um importante parceiro económico.

“Há uma vontade inequívoca do Governo espanhol em estreitar as relações económicas e comerciais com Cabo Verde. Espanha para além de ser um parceiro político, hoje é um importante parceiro económico de Cabo Verde. Grande parte das nossas exportações vão para Espanha e grande parte das nossas importações são provenientes da Espanha”, adiantou.

Luís Filipe Tavares lembrou também que na área do conhecimento científico há a possibilidade de formação de quadros cabo-verdianos ao mais alto nível naquele país.
“Espanha é um parceiro identificado para o efeito. Tem uma belíssima escola nacional de administração na qual contamos também colocar alguns jovens cabo-verdianos”, perspectivou.

Senegal e atracção de investimentos africanos

Ao novo embaixador no Senegal, Inácio Felino Carvalho, o ministro deixou também o desafio de trabalhar na atração de investimento directo estrangeiro africano para Cabo Verde, resolver os problemas da nacionalidade de cidadãos cabo-verdianos que residem em Dakar e servir de ponte para garantir uma melhor integração de Cabo Verde na CEDEAO.

“Nós queremos fundamentalmente atrair, a partir do Senegal, mais investimento directo africano, de forma particular dos países da CEDEAO…Nós queremos que haja uma melhor integração de Cabo Verde na nossa comunidade, porque nós queremos discutir e negociar um estatuto especial para Cabo Verde e trabalharmos para garantir uma plena integração económica na Comunidade´”, disse o ministro.

Até a instalação da Embaixada de Cabo Verde em Abuja, que segundo disse, é uma prioridade do Governo, o novo embaixador no Senegal vai ter que fazer a ponte com os organismos da CEDEAO.

Inácio Felino Carvalho é diplomata de carreira, já foi Cônsul Geral de Cabo Verde no Reino dos Países Baixos, encarregado de Negócios na Suécia e conselheiro diplomático do primeiro- ministro.

O novo embaixador de Cabo Verde no Reino de Espanha, Ney Cardoso é também diplomata de carreira. Esteve na Missão Permanente de Cabo Verde em Nova York e foi director nacional dos Assuntos Políticos e de Cooperação nos últimos anos. Fonte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau