MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cabrito "demónio" assusta moradores de província na Argentina 22 Julho 2017

Completamente desesperados com o filhote de cabra demoníaco, os argentinos da província central de San Luís resolveram ligar para a polícia para averiguar o que se passa.

Cabrito

A fazendeira Gladys Oveido, moradora da província de San Luís, na região central da Argentina, ficou surpresa quando uma de suas cabras deu à luz: um dos filhotes, que veio ao mundo natimorto, possui deformidades faciais e está sendo chamado de “demónio” pelos desesperados vizinhos de Oveido.

Intrigada com a anatomia do animal, a família argentina resolveu fotografar o “ demónio ” e publicar as imagens nas redes sociais, convictos que o caso repercutiria, e não deu outra. Em poucos dias, boa parte dos moradores da província já sabiam do cabrito – e muitos deles ficaram assustados a ponto de chamarem a polícia para averiguar o caso veterinário.

Na filmagem, é possível comparar o animal com um de seus irmãos, um cabrito normal: com prováveis mutações genéticas, o filhote possui alterações na anatomia da face e olhos proeminentes, enquanto “o resto do bebé é normal”, como a argentina explicou, de acordo com o portal “The Mirror”.

Como um veterinário ainda não foi chamado para analisar o corpo, a família não sabe quais as reais causas para as anomalias do cabrito.

Ovelha mutante

Assim como os argentinos, o vilarejo de Lady Frere, na África do Sul, ficou completamente em pânico depois do nascimento de uma ovelha (Ver foto radapé da noticia). Boa parte dos quatro mil moradores tem certeza de que as deformidades do filhote só podem ter uma explicação: a ação do próprio diabo .

Com aparência que remonta às características anatómicas humanas, a ovelha – que nasceu sem vida – , teve suas fotos espalhadas por diversas cidades. Chamado de "metade humano, metade demoníaco", o animal ficou famoso na região e o caso chegou ao governo da província de Cabo Oriental.

O Departamento de Desenvolvimento Rural da província resolveu enviar especialistas para tratar do problema. Responsáveis por fazer testes no animal, para tentar acalmar os ânimos da supersticiosa população, afirmaram, segundo o portal The Mirror , que a ovelha realmente "lembrava um demónio", mas as deformidades eram, na verdade, resultado de uma doença. Fonte: iG

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau