CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Câmara do Porto Novo: Presidente alerta para nível de endividamento do município e défice de tesouraria 04 Setembro 2017

O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, alertou para o “nível de endividamento elevado” do seu município que enfrenta “um problema de tesoura grave” à volta dos cinco mil contos mensais.

Câmara do Porto Novo: Presidente alerta para nível de endividamento do município e défice de tesouraria

O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, alertou para o “nível de endividamento elevado” do seu município que enfrenta “um problema de tesoura grave” à volta dos cinco mil contos mensais.

Aníbal Fonseca, que falava na sessão solene da Assembleia Municipal do Porto Novo, comemorativa do Dia do Município (02 de Setembro), avançou que todos os meses a câmara acumula um défice de tesouraria que ultrapassa os cinco ml contos, devido, sobretudo, aos compromissos como abastecimento de água.

A cidade do Porto Novo é abastecida, desde 2008, através de um sistema de produção de água dessalinizada “que é deficitário” e, por isso, a autarquia tem que suportar o défice, o que tem levado ao endividamento do município, cujo valor da dívida, no entanto, não foi revelado.

Para “complicar a situação”, segundo a mesma fonte, a gestão camarária recorreu à banca para custear “grandes investimentos” no município, com destaque para o edifício de Paços do Concelho, à volta dos 200 mil contos, do Estádio Municipal, que custou praticamente o mesmo valor, e o centro comercial, orçado em 50 mil contos.

Todos os esses investimentos, suportados pelos recursos próprios da edilidade, através de créditos bancários, contribuíram, segundo o autarca, para o endividamento do município, cuja dívida continua a aumentar todos os meses, devido ao défice de tesouraria.

“Estamos perante um problema que deve ser tratado com toda a seriedade e que urge resolver”, adiantou o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, “esperançado” em que o Governo ajude a sua autarquia a reduzir a divida que, a seu ver, tem condicionado o próprio desenvolvimento do concelho.

Além do problema de endividamento, Porto Novo enfrenta outros desafios, sendo os “mais urgentes”, conforme Aníbal Fonseca, a resolução do problema de gestão dos esgotos e a requalificação urbana, mas disse ter garantias do Governo de que o município será alvo, a parir de 2018, de investimentos nesses domínios.

As duas bancadas com assento na Assembleia Municipal, Movimento para a Democracia (MpD), que sustenta a câmara, e Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), fizeram uma leitura distinta do estado do desenvolvimento do município do Porto Novo.

Paulo Oliveira, líder da bancada do MpD, referiu-se às infra-estruturas criadas no concelho nas últimas duas décadas que contribuiriam para o progresso do concelho, acreditando que a actual gestão camarária e o Governo estão “determinados” em fazer do Porto Novo “um município desenvolvido”.

As perspectivas de desenvolvimento do concelho são “boas”, segundo Paulo Oliveira, que enumerou uma série de projectos em carteira para o concelho, com destaque para a segunda fase da estrada para Tarrafal de Monte Trigo e a requalificação da orla marítima da cidade do Porto Novo.

Wiliana Monteiro, representante da bancada do PAICV, por seu lado, criticou a actuação do elenco camarário, dando “nota negativa” ao desempenho do autarca Aníbal Fonseca, sobretudo nos domínios do saneamento, do abastecimento de água e na gestão dos recursos do município.

Segundo Wiliana Monteiro, “há lixo por todo o lado” na cidade do Porto Novo, que, avançou, voltou a enfrentar o problema de abastecimento de água, existindo ainda, a seu ver, a utilização indevida das viaturas do município.

O acto solene da Assembleia Municipal do Porto Novo foi presidido pelo presidente deste órgão autárquico, César Almeida, que destacou “os obreiros” do processo de desenvolvimento deste município que, com “avanços e recursos”, tem estado a se desenvolver, disse. Fonte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau