CARNAVAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Carnaval 2016: 40 grupos desfilam no "sambódromo" de São Vicente 06 Fevereiro 2016

Quarenta grupos, os oficiais e os espontâneos-amadores, os das escolas, do jardim às escolas primárias e secundárias, vão animar os quatro dias do Carnaval 2016 na ilha de São Vicente. Cruzeiros do Norte, Flores do Mindelo, Monte Sossego, Vindos do Oriente são os quatro grupos oficiais que vão desfilar na Terça-Feira de Carnaval, com início às 15 horas.

Carnaval 2016: 40 grupos desfilam no

O Cruzeiros do Norte, grupo tricampeão do carnaval mindelense, abre o desfile oficial do Carnaval 2016 em São Vicente. Seguem-se Flores do Mindelo, Monte Sossego e Vindos do Oriente. “Uma volta ao mundo em 80 loucuras” é o enredo em que está a apostar o Cruzeiros do Norte para tentar vencer a Festa do Rei Momo, título que lhe tem fugido nos últimos anos.

Vindos do Oriente, campeão de 2015, entra no mundo das tecnologias digitais, com o enredo “Globalização”. É com o tema “Um óne ne soncente” que Monte Sossego, o segundo classificado de 2015, faz uma viagem pelos vários eventos culturais da ilha de São Vicente durante o ano transacto. Flores do Mindelo retoma os temas sociais dos últimos anos, centrando-se agora nas crianças. Este ano, o seu enredo é “Tira-me, ninguém é superior a ninguém”.

A anteceder o desfile oficial e a animação das escolas, a Câmara Municipal decidiu autorizar o desfile dos grupos espontâneos e da Marcha da Dona Nené e Amigos – liderada pela cabo-verdiana Nené, residente nos Açores, que volta a desfilar no carnaval mindelense. O grupo Escola de Samba Tropical volta a encher as ruas do Mindelo na segunda-feira, com muito glamour, brilho e alegria, como já é habitual no tradicional desfile nocturno.

Melhor música

À semelhança dos anos anteriores, o Centro Cultural Português volta a premiar a melhor música, um compromisso que assumiu desde 1993, com o objectivo de valorizar um dos elementos mais importantes do espectáculo carnavalesco e que tem vindo a descobrir vários compositores.

Já foram consagrados Manuel d´Novas e Vlú, mas também pessoas menos conhecidas como Manuel Ramos Lopes e Alcides Caumene “Abreu”, estes, vencedores da primeira década. Entretanto, nos últimos anos, o prémio tem sido repartido entre dois compositores, Vlú e Constantino, que repaginaram as músicas do Carnaval mindelense.

Este ano, a concurso estão as músicas “Um ône ne soncent”, “Volta ao mundo em 80 loucuras”, “Nós Sociedad” e “Odisseia d´Lady Globalization”. A premiação acontece na quarta-feira, 10.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau