POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Caso da inviabilização da CPI sobre TACV: Líder do PAICV recebida em audiência pelo Embaixador da China 04 Julho 2017

A líder da PAICV prossegue com a sua ofensiva política junto do corpo diplomático acreditado no país. É que Janira Hopffer Almada foi recebida, em audiência, na manhã desta segunda-feira, pelo Embaixador da República Popular da China, Du Xiaocong. Sobre a mesa esteve sobretudo o recente incidente político em que o MpD inviabilizou, na última sessão da Assembleia Nacional, a proposta do PAICV para a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito no âmbito do processo da privatização da TACV, tendo como foco o negócio com a transportadora aérea Binter.

Caso da inviabilização da CPI sobre TACV: Líder do PAICV recebida em audiência pelo Embaixador da China

Conforme o PAICV diz em nota, Janira Hopffer Almada manifestou ao embaixador Chinês « estar muito preocupada pelos sinais de fragilização da nossa democracia, que atingiram um ponto alto, na semana passada, com a inviabilização, pelo MpD, da Comissão Parlamentar de Inquérito, de constituição obrigatória, proposta pelo PAICV, no âmbito do processo de reestruturação/liquidação dos TACV».

Tal facto, nas palavras da líder do PAICV, constitui algo inédito nesses mais de 25 anos de Cabo Verde em democracia, consubstanciando-se num verdadeiro ataque à democracia e uma grande machadada ao direito de exercício do papel de fiscalização da Oposição Democrática.

Janira Hopffer Almada, que se fez acompanhar, neste encontro, pelo Vice-Presidente da Bancada Parlamentar e do Partido, Rui Semedo, «entende que não poder haver boa governação, sem que estejam criadas, igualmente, condições para o exercício de uma boa fiscalização governativa».

Fortalecimento das relações diplomáticas

Durante o encontro entre a Delegação do PAICV e o Embaixador Chinês foram ainda socializados e passados em revista aspectos inerentes ao fortalecimento da cooperação entre os dois Países.

«Du Xiaocong enalteceu o nível de relacionamento entre Cabo Verde e a República Popular da China e exortou o PAICV a continuar exercer o seu papel de Oposição responsável e credível, tendo destacado os projetos em carteira ou em curso no país, nomeadamente a criação da Zona Económica Especial de São Vicente, o Projeto “Cidade Segura”, os apoios para a melhoria da Habitação Social, o Centro pós-Colheita, a Lavandaria do Hospital Agostinho Neto, o Campus da Universidade de Cabo Verde (UNICV) e as obras de remodelação do Palácio da Assembleia Nacional», lê-se na nota a que este jornal teve acesso.

Por sua vez, Janira Hopffer Almada agradeceu todo o apoio que a República Popular da China tem disponibilizado a Cabo Verde, desde a época da Independência Nacional até à presente data, manifestando-se satisfeita com o financiamento dos referidos projectos anunciados pela China.

De salientar que, no final da semana passada, a líder do PAICV tinha encontrado e manifestado as mesmas preocupações junto do Presidente da República de Cabo Verde e dos Embaixadores dos EUA, de Portugal e França acreditados na cidade da Praia.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau