ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Caso da manipulação dos órgãos da comunicação social: Ministro Abraão Vicente chamado ao parlamento 09 Mar�o 2017

O caso da denúncia da AJOC sobre a tentativa da instrumentalização dos órgãos públicos da comunicação social pelo ministro da Cultura e Indústrias Criativas, que tutela a área da informação, conhece novos desenvolvimentos. É que o grupo parlamentar do PAICV acaba de pedir o agendamento urgente de um debate sobre o sector e chamar o ministro Abraão Vicente ao parlamento para prestar «o cabal esclarecimento sobre a situação».

Caso da manipulação dos órgãos da comunicação social: Ministro Abraão Vicente chamado ao parlamento

Os pedidos foram entregues esta quarta-feira, à Mesa da Assembleia Nacional, tendo ficado na posse do presidente Jorge Santos. Isto depois de um encontro realizado entre a Associação dos Jornalistas de Cabo Verde e a direcção da bancada do PAICV, na Praia.

O caso, que tem colocado a classe dos jornalistas em pé de guerra com o governo de Ulisses Correia e Silva, acaba agora de chegar à Casa Parlamentar. Este diário apuara que a bancada tambarina quer que, antes da sessão plenária de 27 deste mês, o ministro Abraão Vicente vá ao parlamento prestar «o cabal esclarecimento da situação surgida com essa denúncia da AJOC sobre a tentativa do governo em instrumentalizar os órgãos públicos da comunicação social».

Conforme o pedido a que o Asemanaonline teve acesso, o PAICV fundamentou o agendamento dessa iniciativa, atendendo a importância dos mass media no processo de desenvolvimento democrático, social e político de Cabo Verde.

«Tendo em conta os ganhos do sector dos órgãos da comunicação social, tendo em consideração a importância e contribuição de uma imprensa livre para a consolidação da democracia, atendendo ainda ao nível da maturidade dos órgãos da comunicação social e dos seus profissionais e valorizando a importância de um ambiente sadio de relação entre o executivo governamental e os media para uma natural fruição das informações, vimos, por este meio, solicitar os bons ofícios de V. Excelência no sentido de, ao abrigo do artigo 48º do Regimento da Assembleia Nacional, mandar criar as condições para uma audição parlamentar, em sede da Comissão Especializada competente, ao sr ministro da Cultura e Indústrias Criativas para o cabal esclarecimento da situação (no sector)», lê-se no documento remetido ao presidente Jorge Santos.

Entretanto, na sua mais recente declaração (ver Asemanonline de ontem, 8 de março) o ministro da Cultura e Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, garantiu que não interfere "de forma alguma" na produção jornalística, após críticas dos profissionais, e considerou irresponsável que se façam queixas a organizações internacionais de imprensa sobre a matéria.

Vamos esperar pelos novos capítulos desse caso que opõe a classe de jornalistas ao actual governo do MpD - Asemanaonline promete acompanhá-lo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau