INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cenário de guerra: Marinha norte-americana dispara tiros de aviso contra navio iraniano 25 Julho 2017

O navio iraniano não terá respondido aos sinais de rádio emitidos pela marinha norte-americana no Golfo Pérsico. A tensão entre Irão e Estados Unidos aumentou significativamente desde que Donald Trump chegou à Casa Branca.

Cenário de guerra: Marinha norte-americana dispara tiros de aviso contra navio iraniano

Cenário de guerra: Marinha norte-americana dispara tiros de aviso contra navio iraniano

O navio iraniano não terá respondido aos sinais de rádio emitidos pela marinha norte-americana no Golfo Pérsico. A tensão entre Irão e Estados Unidos aumentou significativamente desde que Donald Trump chegou à Casa Branca.

Um navio da marinha norte-americana disparou tiros de aviso contra um navio iraniano no Golfo Pérsico, depois de este se aproximar a 150 metros de um navio norte-americano, noticia a CNN, que cita fontes oficiais.

Segundo a mesma estação televisiva, o navio pertencia aos Guardas da Revolução iraniana e não terá respondido aos sinais de rádio emitidos pela marinha. Umas das fontes citadas pela CNN afirma que, perante a proximidade entre os dois navios, a marinha norte-americana decidiu disparar cinco tiros para o mar para alertar para os riscos de uma colisão. O navio iraniano acabou por se retirar passadas algumas horas.
O episódio desta terça-feira não é propriamente algo inédito, uma vez que navios norte-americanos e iranianos se cruzam várias vezes no Golfo Pérsico. No entanto, situações como esta fazem sempre elevar a tensão devido às complicadas relações diplomáticas entre os dois países.
Estas relações têm sido marcadas por uma enorme tensão. No entanto, o acordo sobre o nuclear iraniano estabelecido entre os dois países, em 2015, fez com que melhorassem ligeiramente.
Tudo mudou quando Donald Trump, que pautou a sua campanha eleitoral com uma retórica anti-Teerão, foi eleito Presidente dos Estados Unidos. Washington aproximou-se da Arábia Saudita, que disputa a hegemonia da região com o Irão, e as ameaças a Teerão têm sido constante. Fontes: NM

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau