CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Circular do Fogo é inaugurada 21 Julho 2014

Trinta e um quilómetros da estrada asfaltada da Circular do Fogo, que liga a cidade de São Filipe a Campanas de Baixo (Norte) e Monte Barro à entrada de Patim (Sul), concluída há cerca de um mês, vai ser inaugurada na próxima quarta-feira,23, pelo Primeiro-ministro José Maria Neves.

Circular do Fogo é inaugurada

Inicialmente, o projecto previa ligar os três municípios da ilha, numa extensão de 80 quilómetros. Mas, problemas financeiros e outros fizeram com que a obra a ser inaugurada esta quarta-feira pelo Chefe do Governo tenha ficado por apenas 31 quilómetros de estrada asfaltada.

A construção começou há cinco anos. Em direcção ao Norte, a asfaltagem vai da Cidade de São Filipe até Campanas de Baixo. A Sul a via chega ate à localidade de Patim, situada a 10 quilómetros da Cidade.

A Ministra das Infra-estruturas e Economia Marítima, Sara Lopes, garantiu recentemente que o governo já está a discutir com os financiadores a forma de fechar o anel, construindo os 49 quilómetros de estrada asfaltada que faltam, se não uma boa parte dela.

As obras do anel rodoviário estão orçadas em mais de quatro milhões de contos, dos quais cerca de 40 por cento foram garantidos pelo Governo, através do Tesouro Nacional, o restante dinheiro viria dos fundos da OPEP (Organização dos Países Exportadores do Petróleo), Kuwait e BADEA.

Embora sem atingir os seus objectivos iniciais, os operadores turísticos, mas também os condutores, vêm esta estrada asfaltada como a obra mais estruturante realizada na ilha do Fogo nos últimos tempos. Para os condutores que têm no transporte de pessoas o seu ganha-pão, essa estrada não só vai permitir circular de forma mais segura e cômoda pelas estradas do Fogo como também vai poupar, e de que maneira as suas viaturas.

Na ilha do vulcão, o Chefe do Governo deve também testemunhar o acto de assinatura do contrato de exploração do Centro Pós Colheita com a empresa Fresh Distribuidora do Fogo, a ter lugar no Centro Pós Colheita de Monte Barro, São Filipe.

O Primeiro Ministro inaugura ainda a Sede da Unidade de Gestão de Água de Rega para a Zona Sul, para além de estar presente no acto de assinatura do Contrato que vai passar a Gestão de Água de Rega para a Associação dos Agricultores de Santa Catarina e São Filipe, no Centro de Extensão Rural de Patim.

Na quinta-feira, 24, é inaugurado o Sistema de Abastecimento de Água Domiciliária bem como o Reservatório de Chã das Caldeiras.

Nicolau Centeio

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau