ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Conferência FJMN: Francisco Pinto Balsemão e José Maria Neves em «Conversa a Dois» sobre “Democracia e Governança, um Futuro a Construir”. 25 Julho 2017

A conferência deste mês da Fundação José Maria Neves para a Governança (FJMN) destaca-se com a iniciativa inédita de colocar, no dia 29, na Praia, o ex-Primeiro-ministro de Portugal, Francisco Pinto Balsemão, e o seu homólogo de Cabo Verde, José Maria Neves, em «Conversa a Dois» em torno do tema “Democracia e Governança: um Futuro a Construir”.

Conferência FJMN: Francisco Pinto Balsemão e José Maria Neves em «Conversa a Dois» sobre “Democracia e Governança, um Futuro a Construir”.

Conforme a organização, a conferência, que terá lugar na Sala de Conferências do hotel Oásis-Praia-mar, vai decorrer em ambiente de conversa a dois entre os dois oradores referidos, que são figuras de prestígios no espaço da CPLP e junto da comunidade internacional.

Esperado com alguma expectativa na Capital, o debate, em que se espera contar sobretudo com a elite política no poder e na oposição e académicos, vai centrar-se nos desafios actuais da democracia e governação à escala mundial, com foco na busca de novos caminhos.

«Debater os desafios da Democracia e da Governança no mundo, em especial nos pequenos estados insulares e apontar eventuais caminhos para a promoção das liberdades da igualdade e de um desenvolvimento económico e social sustentáveis, são os grandes objetivos desta que é a IV Conferência promovida pela FJMN», indica a Fundação que tem o ex-Primeiro de Cabo Verde como seu patrono.

Para observadores atentos, tudo indica que não vai passar despercebido o questionamento mundial sobre a problemática da «democratização da democracia» e o processo democrático cabo-verdiano, com foco nos direitos das minorias e no exercício da oposição democrática no país – ganhos, constrangimentos e desafios a se vencer.

Conferencistas e prestígio

Referindo-se ao prestígio dos conferencistas convidados, a FJMN lembra que Francisco Pinto Balsemão é um empresário, ex- dirigente político e antigo Primeiro-ministro de Portugal. «Pinto Balsemão é Presidente da holding Impresa, SGPS, SA., grupo empresarial de comunicação que detém a totalidade do capital da SIC, a primeira estação televisiva independente de Portugal (proprietária dos canais SIC, SIC Notícias, SIC Mulher, SIC Radical, SIC Internacional, SIC K, SIC Caras, DStv Kids) e da Impresa Publishing, SA (proprietária dos títulos Expresso, Visão, Exame, Courrier Internacional, Exame Informática, Caras, Caras Decoração, Activa, Jornal de Letras, Blitz, TV Mais, Telenovelas, etc.), das quais é também presidente».

Licenciado em Direito, começou a sua carreira como jornalista, tendo sido mais tarde membro fundador e diretor do jornal semanário Expresso. Balsemão foi também um político ativo, fundador do Partido Social Democrata, PSD (1974), deputado da Assembleia da República em 1979, 1980 e 1985, ministro de Estado Adjunto no VI Governo Constitucional (1980), Primeiro-ministro dos VII e VIII Governos Constitucionais (1981-83).

«Membro de várias instituições e entidades e júri de alguns dos mais reputados prémios de jornalismo nacional e internacional, Francisco Pinto Balsemão é hoje reconhecido como um dos mais importantes empresários da comunicação social portuguesa e uma das mais proeminentes personalidades do mundo social e político de Portugal. Foi agraciado com vários títulos honoríficos nacionais e internacionais e é Doutor Honoris Causa pela Universidade Nova de Lisboa e pela Universidade da Beira Interior», diz em nota a FJMN.

Já o conferencista José Maria Neves é um político conhecido no país e no estrangeiro. Foi Primeiro-Ministro e Chefe do Governo da República de Cabo Verde de Fevereiro de 2001 a Abril de 2016. Foi ainda o mais jovem Primeiro-ministro africano, tendo liderado o PAICV na conquista de três eleições legislativas nacionais. «Atualmente é presidente da Fundação José Maria Neves para a Governança.

Licenciado em Administração Pública e Ciências Políticas, José Maria Neves foi eleito, em 2000, presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina e, no mesmo ano, líder do PAICV. Em 2001 é eleito Primeiro-Ministro de Cabo Verde, com maioria absoluta», lê-se nota a que o Asemanaonline teve acesso.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau