Portugais

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Criadores de Rincão aflitos: Mais de mil cabeças de gado sem água desde quinta-feira 21 Fevereiro 2017

Os criadores de gado de Rincão, Achada Grande, e Mato Sanches (ilha de Santiago) denunciam, nesta segunda-feira, que mais de mil animais estão, desde ultima quinta-feira, sem água para beber, porquanto, a empresa Águas de Santiago (ADS) cortou o fornecimento dor precisos liquido sem os ter comunicado previamente.

Criadores de Rincão aflitos: Mais de mil cabeças de gado sem água desde quinta-feira

Conforme a Inforpress, são mais de 200 criadores de gado que libertam diariamente os seus animais para irem saciar a sede no bebedouro da localidade de Rincão, mas há quatro dias que estes animais estão com sede. É que, conforme os criadores, a ADS cortou o serviço de fornecimento, alegando que devem pagar para ter acesso a esta água.

Para os moradores locais e criadores de gado citados pela mesma agencia, o bebedouro existe desde 1968, mas nunca pagaram pela água que esses animais bebem. Os criadores de gado criticaram ainda o facto de a ADS ter cortado o serviço sem aviso prévio.

"Antes de cortarem a água deviam comunicar-nos para podermos saber o que fazer. A minha vaca está prenha, e desde antes de ontem tenho estado a vir cá para lhe dar de beber e não encontro água, ela ficou com sede e hoje voltei e não encontrei nem uma pinga de água", disse a Inforpress a criadora, Edite Cabral, de Mato Sanches, questionando quem é vai responsabilizar se esses animais morrerem por falta de água.

Aflitos e com medo de perderem os seus gados,pedem urgentemente uma intervenção por parte das autoridades municipais e do próprio Governo no sentido de se repor a água o mais rapidamente possível. É que, segundo alertam, neste momento estão em penúria com falta de água, mais de mil cabeças de gado, e não querem ver os seus animais a sofrer.

"O Estado tem que assumir a água desta pia, porque ela não deve ser vendida. Se é por causa de alguns moradores que estão a apanhar uma lata de água no bebedouro, então a Câmara municipal deve assumir esta responsabilidade de fazer a ligação domiciliária nessas cinco moradias, e com isso evita essa consequência", sugere o criador de gado Antonino Pereira.

Entretanto, foi impossível saber junto da ADS o motivo que estive na origem do corte de fornecimento de água no bebedouro de Rincão, porque, segundo a Inforpress, os responsáveis se encontravam ausentes da sede.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau