ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

DN do MpD reúne-se no Sal: Remodelação governamental com um pedido de demissão em cima de mesa no centro das atenções 21 Outubro 2017

A remodelação governamental – um membro do governo já pediu demissão – vai ser uma das questões quentes a dominar a reunião da Direção Nacional (DN) do MpD, que acontece, neste sábado,21, no Sal.

DN do MpD reúne-se no Sal: Remodelação governamental com um pedido de demissão em cima de mesa no centro das atenções

Um dos pontos de destaque do encontro vai ser, na óptica de alguns dirigentes, a análise da situação política nacional actual - apreciação da agenda política no horizonte Outubro 2017/Outubro 2018. Vai ser introduzido pelo líder Ulisses Correia e Silva, que é também o Primeiro-ministro de Cabo Verde.

Segundo fontes deste jornal, as atenções vão estar viradas para o balanço da governação do MpD nos últimos dois anos aproximadamente, com foco nos sectores mais críticos como Infra-estruturas e Transportes, Educação e Inclusão Social, Economia e Emprego, Segurança Interna, Saúde e Segurança Social, Cultura e Indústrias Criativas, Agricultura e Ambiente, Justiça e Trabalho, entre outros.

Para alguns dirigentes, Ulisses Correia e Silva está a ser forçado a fazer uma remodelação governamental – pode criar algumas secretarias de Estado em alguns ministérios que têm várias áreas de intervenção. Para já, o Governo está a contar com pelo menos uma baixa: a ministra das Infraestruturas e Transportes, Eunice Silva, pediu, segundo fontes seguras, a sua demissão depois de ter feito a infeliz declaração sobre S.Vicente. Mas o Primeiro-ministro pressionou-lhe a manter na equipa até ao reajuste ou remodelação governamental. Ademais, registou-se situações críticas com as recentes crises na Educação com os erros nos Manuais, nos transportes marítimos e aéreos com a bronca nas ligações da TACV e o isolamento da Brava. O mesmo aconteceu no sector da economia com o caso sobre fórum sobre turismo no Sal e da saúde com a situação grave de surto de paludismo no país. Situações que, lembram ouvidos por este jornal, já fizeram rolar algumas cabeças – Directora Nacional da Educação e Director Nacional de Turismo e Transportes. Isto sem contar, segundo alguns analistas, com o fraco desempenho do actual executivo, diante das promessas eleitorais que não vêm sendo cumpridas, «originado uma grande decepção aos cabo-verdianos». Daí, perspectiva os interlocutores deste diário, a necessidade urgente para mudanças no actual governo de 12 membros do MpD, chefiado pelo Ulisses Correia e Silva.

Além de análise da situação política nacional e a governação do país, a reunião da Direcção Nacional do MpD deste fim-de-semana no Sal vai também, conforme a nota do Gabinete de Comunicação e Imagem, debater e aprovar o plano de actividades e orçamento do partido para 2018.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau