ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

DNA promove workshop nacional sobre a conservação de tubarões e raias no quadro da convenção CITES 08 Dezembro 2017

A Direção Nacional do Ambiente em parceria com a ONG Pew Chartable Trusts, promoveu esta quinta-feira, 7, com continuidade para esta sexta-feira, 08, um workshop a nível nacional, sobre a Conservação de Tubarões e Raias no quadro da convenção CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional de Fauna e Flora Selvagem ameaçadas da extinção).

DNA promove workshop nacional sobre a conservação de tubarões e raias no quadro da convenção CITES

Segundo Iderlindo Santos, ponto focal da convenção, o objetivo deste workshop é apoiar o país na implementação das recentes medidas e propostas adotadas nas últimas Conferências das Partes da CITES de 2016, assim como atualizar e conformar a legislação nacional após a adoção dos novos regulamentos internacionais para garantir a conservação e a pesca sustentável de tubarões e raias, garantindo deste modo a implementação da Convenção das espécies migratórias.

O ponto focal realçou ainda que este workshop é de extrema importância para o país, uma vez que ainda existem algumas dificuldades no controlo de entrada e saída destas espécies para o comércio. “Deste modo, é necessário que todas as partes interessadas envolvidas na conservação, inspeção e licenciamento do comércio de espécies de tubarões e raias sejam devidamente informadas sobre as novas medidas e propostas adotadas na CITES, apropriando também de ferramentas e conhecimento para identificar as diferentes espécies de tubarões e raias incluídas nos Anexos CITES”, disse.

Pretende-se também estabelecer um quadro de intercâmbio sobre as questões relacionadas com a conservação de tubarões e raias nas águas de Cabo Verde, contribuir para o reforço de capacidades a nível da identificação das espécies e fornecer as ferramentas necessárias para combater eficazmente a pesca ilegal.

O evento conta com a participação das entidades nacionais com intervenção nesta matéria, nomeadamente, representantes de aeroportos internacionais, serviços alfandegários, polícia marítima, guardas costeiras, serviços de inspeção fitossanitária, Instituto Nacional de Desenvolvimento das Pescas, Agência Marítima e Portuária, Direção Nacional da Economia Marítima, Inspetores de Pesca, Universidades, Organizações Não governamentais ligadas à conservação de espécies de tubarões e raias, entre outros.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau