ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Deputado Manuel Inocêncio Sousa inteira-se da revolta dos armadores: «Governo não tem política para os transportes marítimos" 08 Outubro 2017

O deputado do PAICV pelo círculo eleitoral de S.Vicente, Manuel Inocêncio Sousa, acaba de advertir que "o Governo não tem uma política para os transportes marítimos". Um pronunciamento que retoma a revolta dos armadores sobre o anúncio das políticas públicas do actual Governo de Ulisses Correia e Silva para o sector, priorizando concurso internacional para as operações marítimas inter-ilhas.

Deputado Manuel Inocêncio Sousa inteira-se da revolta dos armadores: «Governo não tem política para os transportes marítimos

Inocêncio Sousa, que foi ministros das Infra-estruturas e Transportes no executivo de José Maria Neves, fez estas declarações, nesta sexta-feira, depois de ter reunido, no Mindelo, com os armadores da marinha mercante de Cabo Verde.

Conforme anunciou aos órgãos da comunicação social, durante a reunião esteve em análise o sector da cabotagem. Isto depois de o ministro da Economia ter anunciado, na imprensa, que o actual Governo vai lançar um concurso internacional para as operações marítimas inter-ilhas e de os operadores nacionais terem refutado as declarações de José Gonçalves, segundo as quais as companhias nacionais não têm capacidade financeira nem conhecimento para fazer funcionar bem a cabotagem.

Tendo auscultado as preocupações e reivindicações dos armadores – o desengajamento do actual governo do processo da constituição de uma companhia marítima nacional com o envolvimento de todos os operadores do sector é uma delas - o PAICV, através do deputado Manuel Inocêncio Sousa, diz que o Governo está a marginalizar os operadores nacionais a quem tinha prometido apoios. «O PAICV quer que o Governo diga definitivamente ao país o que pensa fazer relativamente aos transportes marítimos inter-ilhas», exige o parlamentar tambarina, citado pela RCV.

Aumento de tarifas a caminho

O deputado também criticou a possibilidade de o Governo estar a preparar o aumento das tarifas para que as operações possam atrair as empresas ao concurso internacional que já anunciou para daqui a um par de meses.

Atendendo o provável impacto negativo da medida para a marinha mercante nacional, Manuel Inocêncio Sousa alertou que «esta medida governamental é inaceitável para a classe dos armadores».

«Perante tantas dúvidas, o PAICV quer que o Ministro da Economia esclareça o país sobre a política que o Governo tem para o sector marítimo – transportes e economia marítima», desafiou o deputado Manuel Inocêncio Sousa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau