ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaque A Semana nº1245 02 Setembro 2016

A edição do A Semana regressa às bancas esta sexta-feira, 02 de Setembro, com uma reportagem sobre a falta de sistema informático nos serviços e instituições e as consequências para os utentes, operadores e para o país. São várias as reclamações de utentes, em especial de emigrantes em férias, que têm pouco tempo para conseguir algum documento importante ou mesmo para retirar encomendas das Alfândegas. Mas os operadores económicos e o próprio Estado também sofrem com essa incapacidade de resposta do país. O pior acontece na Brava, onde é praticamente impossível ao utente cumprir qualquer obrigação fiscal devido à inoperacionalidade do sistema. O caos é provocado sobretudo por falhas na Rede Tecnológica e Privativa do Estado (RTPE)”. O Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSI) garante, através do seu administrador Aruna Handem, que está a trabalhar para minimizar essa falha.

Destaque A Semana nº1245

Especial Autárquicas

Na Política, traz um Especial Autárquicas onde perspectiva o Domingo eleitoral, dia em que os cabo-verdianos vão exercer o seu direito de voto para escolher os novos titulares dos órgãos autárquicos nas 22 Câmaras e Assembleias Municipais. Como aconteceu nas legislativas de 20 de Março, a expectativa é que tudo decorra em paz e com elevado sentido de civismo e responsabilidade. Salvo o incidente registado nos Mosteiros, o processo tem decorrido de forma normal. Seis partidos e cinco grupos de independentes concorrem a estas eleições, mas a disputa está a ser mais acirrada entre o MpD, que além das actuais 14 câmaras quer ganhar outras, e o PAICV, que luta para manter as oito autárquicas que gere e ganhar outras.

Primeiro Caderno

Actualidade retoma o contestado processo de mexidas nos corpos gerentes de serviços e empresas públicas em curso desde a posse do Governo para dizer que este está prestes a chegar à Empresa Nacional de Administração dos Portos de Cabo Verde. O actual Conselho de Administração chefiado pelo economista Carlitos Fortes vai ser recomposto logo depois das eleições autárquicas de 4 de Setembro. Entre as propostas que o actual ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, tem sobre a mesa para socializar está o gestor e ex-administrador-delegado do Porto Grande, Jorge Pimenta Maurício, que deverá assumir a Presidência do Conselho de Administração da Enapor.

Na Economia diz que o negócio do bunkering vai de “vento em popa” em Cabo Verde, conforme dados divulgados pela Enacol e a Vivo Energy relativos aos últimos três anos e meio. A primeira petrolífera duplicou as vendas, enquanto a segunda quadruplicou a facturação no referido espaço de tempo. As expectativas no segmento do bunkering continuam altas, embora a Enacol tenha registado um ligeiro decréscimo no volume de vendas no primeiro semestre, enquanto a Vivo Energy manteve a balança com sinal mais.

Dá-nos também conta que Boa Vista é a ilha mais cara do país para viver. O presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento Turístico da Boa Vista e Maio (SDTBM), Avelino Bonifácio, atribui parte das responsabilidades por esta situação ao défice de transporte, sobretudo na ligação marítima inter-ilhas. Isto porque faltam produtos, em particular os frescos, e os preços praticados são inflacionados consoante a demanda ou o stock existente. Os custos dos serviços são igualmente proibitivos, caso por exemplo da renda de casa ou de um simples quarto. A greve recente das lojas chinesas, que dominam o sector agroalimentar, mostrou uma ilha vulnerável e dependente. Mas, como diz Emiliano ´Djidjuca` Santos, Bubista está a pagar esta factura porque não tem outra opção.

Diz ainda que oitenta expositores são esperados na quinta edição da “Expomar”, o que, a acontecer, representará um recorde de participação de empresas e instituições nesta feira temática. Agendada para decorrer de 20 a 22 de Outubro nas instalações da FIC - Lajinha, a exposição está orçada em oito mil contos - mais um milhão de escudos em comparação com a do ano passado - e perspectiva suplantar as anteriores em termos de presenças de empresas nacionais e estrangeiras.

Merece destaque a notícia de que Albertina Boaventura, dona de um lote de 120 metros quadrados, vai avançar com um processo de embargo devido a uma obra feita nesse terreno sito em Fonte de Mestre, na zona de Chã de Alecrim. A munícipe comprou o terreno municipal em 2007, à Câmara Municipal de São Vicente (CMSV), mas a actual gestão camarária vendeu-o de forma ilegal a um segundo dono. Além do embargo à obra em curso, a lesada quer ser indemnizada pelos prejuízos causados. O advogado de Albertina, Paulo Silva, explica que a sua cliente já teve vários encontros com o vereador de urbanismo, Rodrigo Rendall Martins, e com o presidente da Câmara Municipal, Augusto Neves, mas não foi possível chegar a um acordo.

Já em Santo Antão (Social) são os moradores e proprietários de pequenos comércios da Rua d’Água, na cidade de Ribeira Grande, Santo Antão, que estão revoltados com o Hospital Regional João Morais (HRJM). Alegam que, contra a defesa da saúde pública, construiu-se próxima às residências uma arrecadação de lixo, com todos os inconvenientes para quem vive ou passa perto. O cheiro nauseabundo que se respira no local e o facto de que o lixo hospitalar são por si prejudiciais e motivos que levam os moradores a lançar um grito de alerta: pedem a quem de direito para intervir e pôr fim a este atentado à saúde pública. O Administrador do HRJM, o médico Aníbal Miranda, desdramatiza, dizendo que o lixo é recolhido sempre, pelo que os detritos continuarão a ser depositados na mesma arrecadação, enquanto não houver outra solução.

Na Cultura, apresenta "B.leza Jazz", a mais recente mostra de fotografias de Tchitche Lima que é uma homenagem à beleza das mulheres cabo-verdianas. São dez fotografias a preto e branco, em formato grande, de um conjunto de 25 obras, que estão presentes nesta exposição/venda no «Hotel Prassa 3», em frente à Praça Nova, em São Vicente. Mas, para breve, o fotógrafo mindelense promete uma nova exposição, desta feita, de «nus artísticos com modelos masculinos».

Enquanto que no Desporto informa que os atletas para-olímpicos, Márcio Fernandes, em lançamento de dardo, e Gracelino Barbosa nos 400 metros barreiras T20, vão levar o nome de Cabo Verde aos Jogos Para-olímpicos que acontecem de 07 a 18 de Setembro no Rio de Janeiro. Os dois atletas encontram-se no país a recarregar as baterias antes de partirem para o Brasil.

Radar- Página 7

A não perder, com muitas novidades e humor!

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau