ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaque do jornal A Semana edição nº 1224 01 Abril 2016

A edição do jornal A Semana que chega esta sexta-feira às bancas traz em destaque uma entrevista com o novo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que conduziu o MpD a uma histórica vitória nas recentes Legislativas, após 15 anos de jejum governativo. A escassos dias de ser empossado, este afirma que quer ser um “político diferente”. Nesta entrevista, Correia e Silva dá as primeiras dicas sobre o Governo que vai anunciar ao país e esmiúça algumas questões da actualidade política que vai priorizar – TACV, Chã-das-Caldeiras, segurança, economia, juventude, regionalização, cooperação internacional – assim que assumir o cargo. Mas Correia e Silva avisa os que querem trabalhar com ele que “quem tem poder tem que o justificar”. E promete muito trabalho, com «soluções» para o desenvolvimento de Cabo Verde.

Destaque do jornal A Semana edição nº 1224

Chama para a actualidade política a reunião do Conselho Nacional do PAICV que vai analisar agora em Abril a derrota e diz que a presidente do partido, Janira Hopffer Almada, pode ser a próxima líder parlamentar. Quanto à CN, diz que o órgão máximo do PAICV entre congressos vai “fazer o balanço das eleições legislativas de 20 de Março último” – perdidas a favor do MpD, que obteve a maioria absoluta na AN – e “projectar a preparação dos dois próximos embates eleitorais”, o autárquico e o presidencial, que ainda terão lugar em 2016.

Fala ainda das movimentações dos partidos para as eleições autárquicas. Por exemplo, na Praia diz que a recém-eleita deputada Ana Paula Moeda está a ser pressionada por militantes e amigos do PAICV para liderar uma lista à Câmara Municipal nas autárquicas que deverão acontecer em Agosto próximo. Mas Paula Moeda sem confirmar nem desmentir vai dizendo que o processo ainda nem está em aberto – pois que está nas mãos da presidência do partido. Os ministros Rui Semedo e Antero Veiga são também apontados como potenciais candidatos ao mesmo posto.

Já em Santo Antão os resultados das eleições legislativas “baralharam” a escolha dos candidatos para a ilha. Os dois partidos do arco do poder - MpD e PAICV - foram obrigados a mudar de estratégia para escolher “candidatos de peso” que os levem a ganhar o maior número de câmaras municipais da ilha mais a norte de Cabo Verde. Mas tudo indica que os três presidentes em exercício vão concorrer a mais um mandato nos seus respectivos concelhos – Porto Novo (Rosa Rocha), Ribeira Grande (Orlando Delgado) e Paul (António Aleixo).

No Social, revela que uma caixa de pastilha elástica livrou Arno Soares de uma morte quase certa nos recentes atentados da Bélgica. O jovem descendente de cabo-verdiano teve consciência da sua sorte quando, já de regresso à casa, abriu a mochila que tinha às costas durante o check-in do seu voo para a Costa Rica – uma viagem frustrada devido aos atentados perpetrados por três bombistas-suicidas do Estado Islâmico. Dentro da bolsa, Arno encontrou a cabeça de um parafuso que, qual um projéctil, perfurou o saco e parou a sua trajectória após atingir a pequena caixa de pastilha elástica.

Suplemento Económico Cifrão

Diz que o sector privado defende que o Governo liderado por Ulisses Correia e Silva deve ter um ministro de Economia com peso político dentro do Governo e do MpD. Deve ser um governante forte, ou melhor, um “super-ministro de Economia”, sugere o presidente da Câmara do Comércio de Barlavento/Agremiação Empresarial (CCB). Belarmino Lucas entende que não se pode voltar a correr o risco de ter o foco da economia sobre o Ministério das Finanças. Já o secretário-geral da Câmara do Comércio de Sotavento, José Luís Neves, pede para se fazer “uma verdadeira alavancagem do tecido empresarial nacional».

Já para o sector turístico, o presidente da Câmara do Turismo, Gualberto do Rosário, pede uma melhoria significativa no grau de confiança entre o Estado e as empresas turísticas e, em especial, com a instituição representativa dos agentes económicos que desenvolvem, directa ou indirectamente, a actividade e mais diálogo.

Num outro registo, o Cifrão lembra que entra em vigor a partir de segunda-feira, 4 de Abril, o diploma que institui o subsídio de desemprego em Cabo Verde. O financiamento deste benefício social vai ser garantido pelas contribuições das entidades empregadoras (empresas) e por quotizações dos trabalhadores.

Revela que o jovem Marco Silva está a driblar o desemprego com alguma criatividade. Criou uma microempresa de prestação de serviços administrativos e logísticos, estrategicamente localizada – perto da Emprofac, lojas de tecido, minimercados e residenciais, a cinco minutos da Praça Nova, da Lajinha ou Porto Grande – na Avenida Professor Alberto Leite, em São Vicente. A Solve tem uma estrutura física confortável e uma equipa “comprometida com o sucesso”.

Suplemento Cultural Kriolidadi

Noticia o regresso do teatro de marionetas como espectáculo. A retoma vai acontecer no início de verão com apresentações nas escolas primárias da ilha. Sob a coordenação artística do encenador João Branco e direcção executiva de Zenaida Alfama, este projecto será desenvolvido pelo Núcleo de Marionetas do Centro Cultural Português do Mindelo.

Apresenta o “Stand Up Comedy”, enquanto arte de fazer o público rir. Pode-se ler no Suplemento de Cultura que rir-se e fazer rir é o que o humorista Enrique Alhinho procura fazer nos seus espectáculos. A paixão por esta arte está-lhe no sangue, visto que desde criança sempre gostou de fazer rir os amigos e a família. O humorista elegeu a stand-up comedy, porque, sem filtros, “dizemos as coisas da maneira como nos vêm à mente”. E já são vários os espaços que começam a abrir portas para esse tipo de entretenimento.

Suplemento Desportivo Lance

Diz que a Comissão Organizadora dos campeonatos regionais de basquetebol em Santiago-Sul tem – desde que assumiu, embora a título provisório, o comando da associação — conseguido manter a prática desta modalidade na região. Entretanto, os membros da CO estão preocupados com o futuro do basquetebol nesta que é a maior região desportiva do país, visto que esta comissão não é definitiva e ainda não surgiram candidatos para assumirem a liderança da associação.

Num outro registo revela que as “night running” estão a entrar na rotina dos mindelenses e a conquistar cada vez mais adeptos na ilha de São Vicente. Já são mais de 50 pessoas que todas as quartas-feiras têm na praça Dom Luís o seu ponto de encontro para a corrida em grupo. Para o organizador Salvador Mascarenhas, a ideia é “criar um movimento de corrida amadora e pôr a cidade toda a correr, de forma gratuita".

Ainda: São Vicente conta com mais um espaço para a aprendizagem do futebol. Trata-se da Escolinha de Futebol de Lombo Tanque, que há dois meses começou a dar os primeiros passos. O projecto é uma iniciativa de Edson Rodrigues, ex-jogador do Futebol Clube Ponta d´ Pom, que se juntou a outros jovens para formarem uma equipa que proporciona treinos aos fins-de-semana a cerca de 60 crianças dos 6 aos 12 anos, organizadas em categorias masculina e feminina e segundo a idade.

Radar - Página 7

Com as surpresas de sempre para os seus fãs.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau