ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques A Semana nº 1255 18 Novembro 2016

O grande destaque do jornal A Semana desta sexta-feira, já nas bancas, é “Rede de tráfico de emigrantes no Aeroporto da Praia sob investigação – Agentes de Fronteira visados”. As autoridades judiciárias cabo-verdianas, diz o semanário, estão no encalço de uma suposta rede de tráfico ilegal de pessoas para a União Europeia, em especial emigrantes da costa africana, instalada no Aeroporto Internacional Nelson Mandela, Praia. Alguns agentes da Polícia de Fronteira são suspeitos de participar neste esquema. O director da Polícia Nacional não descarta a hipótese de haver uma rede de tráfico ilegal de pessoas fora do país, com uma extensão em Cabo Verde. Emanuel Estaline avisa que a boa imagem da PN é o “ponto de honra” das autoridades nacionais, daí que vão tomar medidas lá onde houver “indícios de irregularidades” para derrubar qualquer tentativa de incluir a instituição na lista das mais corruptas de Cabo Verde.

Destaques A Semana nº 1255

Primeiro Caderno

Na actualidade, , A Semana anuncia também na sua primeira página que o “PAICV vai a directas em S. Vicente” e que “Alcides Graças pode ser candidato a solo”. O jurista vai recandidatar-se ao cargo de Presidente da Comissão Política Regional (CPR) do PAICV em S. Vicente, nas directas de 15 de Dezembro próximo. Tudo aponta que Graças vai se apresentar como candidato a solo à liderança regional, já que o dirigente Antero Coelho declinou, por motivos de saúde, o convite de alguns militantes para liderar uma lista alternativa à chefia local do mesmo partido.

Chamada de capa também para “OGE e distribuição de taxa turística gera polémica: Presidente da Câmara Municipal da Boa Vista contra a proposta”. A Semana relata que o presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, José Luís Santos, afirma discordar dos moldes em que o Governo pretende atribuir à Boa Vista as verbas previstas com a arrecadação da Taxa Turística (TT). O autarca garante ter já levantado esta questão junto da Associação Nacional dos Municípios Cabo-Verdianos (ANMCV) e diz esperar “brevemente” uma resposta do Governo sobre a matéria. A afinar pelo mesmo diapasão está o deputado Nacional do PAICV, Walter Évora, para quem com essa medida o Governo está «a sacrificar as ilhas de maior vocação turística». Entretanto, o economista Paulino Dias diz ser favorável à mecânica de reembolso proposta pelo Governo, “em vez de uma compensação matemática” que aumentaria o fosso entre as ilhas.

A Semana realça ainda que no âmbito da “Convalidação automática de terrenos em S. Vicente, a Conservatória dos Registos e Notariado decidiu legalizar lotes em litígio”, depois de ter mostrado acentuadas resistências em aplicar o Decreto-lei 39/2016 aprovado pelo Governo para permitir a convalidação automática dos lotes vendidos pela autarquia mindelense - e outras - em áreas do domínio privado do Estado. Porém, a reviravolta foi provocada pela alteração do novo Regime Jurídico do Cadastro Predial, que, conforme o Conservador Carlos da Silva, traz uma redacção clara, que veio agora dar confiança absoluta à instituição para agir dentro da legalidade.

Outra polémica que está na primeira página do A Semana nº 1255 envolve mais uma vez o Governo e os professores. O Governo nega pagar aos cerca de 8 mil professores dos diferentes estabelecimentos de ensino o aumento salarial de 3 por cento relativo ao ano de 2015, como tinha sido acordado com o executivo anterior. A informação, segundo o presidente do Sindicato Nacional de Professores (SINDEP), foi confirmada pelo executivo, através da ministra da Educação, durante a recente ronda negocial com a organização representativa da classe. Nicolau Furtado faz questão de salientar que «cabe agora à classe docente cabo-verdiana tomar a posição que se impõe» em relação à essa medida governamental.

Aumento de casos de furto e roubo tiram o sono aos bravenses” também é destaque. Em comparação com ano anterior, registou-se um aumento de 10 casos de furto e 16 de roubos às residências. A informação foi avançada ao A Semana pelo Comandante Regional da Policia Nacional (PN) Fogo e Brava, Roberto Costa Fernandes. Dados que deixam a Polícia Nacional e os bravenses bastante apreensivos. A PN garante, no entanto, que já tomou medidas para recuperar os produtos furtados e punir os prevaricadores, agindo em conformidade com a lei.

Em Regiões A Semana fala da viagem de Pedro Morais, presidente da Câmara Municipal de Ribeira Brava, S. Nicolau, aos Estados Unidos. Até esta sexta-feira na Bridgewater State University, acontece na conferência sobre a caça à baleia em Cabo Verde e o legado dos cabo-verdianos nos baleeiros ianques, com Pedro Morais como um dos convidados. Esta é a primeira viagem de Morais às terras do Tio Sam depois de assumir a presidência da CMRB. Por isso, está a aproveitar a oportunidade para procurar parcerias nas áreas que podem impulsionar o desenvolvimento da Ribeira Brava.

Suplemento Económico Cifrão

O Caderno Cifrão anuncia: “Turismo de montanha cresce e rende milhares de contos”. Santo Antão, São Vicente, São Nicolau, Fogo e Brava são as ilhas que fazem crescer esta modalidade de turismo a um ritmo acelerado, rendendo mais recursos para Cabo Verde do que o turismo de cruzeiro ou mesmo o de massa, dizem as agências de turismo e os guias que trabalham com este produto. Desafiada por esta revelação, a equipa de reportagem A Semana encetou uma viagem pelos caminhos vicinais, ou paradisíacos, como são apelidados por turistas, das ilhas citadas. Mas, ao que parece, as autoridades ainda não entenderam o valor deste “diamante bruto”. A maioria dos caminhos vicinais está intransitável, por causa da erosão.

O jornal de Economia publica também às mexidas que, segundo o ex-consultor Sérgio Vasques, são necessárias para uma reforma fiscal eficaz. “Cabo Verde fez uma reforma importante a nível da fiscalidade ao longo dos últimos anos e praticamente todos os grandes impostos foram revistos. Possuí uma legislação moderna e actualizada mas, tal como na generalidade dos países africanos, ainda há caminhos a fazer para ganhar competitividade económica e melhorar a relação com os contribuintes”, diz Vasques, que esteve em Cabo Verde para dar uma formação e participar em uma conferência organizada pelo Ministério da Justiça.

Buracona de cara nova”, lê-se ainda na primeira página de Cifrão. Buracona, um dos pontos turísticos mais visitados da ilha do Sal, está com um novo visual. Beneficia agora de miradouro, trilhas de acesso em madeira, rampas para cadeirantes e idosos, cercado, espaço para vendas de souvenirs, casa de banho público, zona para banho de chuveiro, vestiário, placas informativas e sinaléticas, jardins e restaurante. Os trabalhos da requalificação dessa infra-estrutura enquadram-se na segunda fase do projecto Odje Azul e já recebeu mais de dois mil turistas, duas semanas após a sua inauguração.

Última chamada de capa do jornal económico: “Seri Lopes desafia institutos a enviar projectos de formação à empresa”. A empresa convida os institutos e associações de São Vicente que trabalham com jovens a elaborar projectos de formação a fim de prepará-los para o mercado de trabalho, aproveitando as instalações e maquinaria disponíveis, afirma o gestor Carlos Henrique “Xexéu” Pereira, que acredita que, assim, se activará o empreendedorismo e reduzirá o desemprego no país.

No interior do caderno económico ainda pode ler que o governo vai realizar estudo sobre competitividade fiscal, que servirá de guia para as próximas deliberações em matéria de redução dos impostos em Cabo Verde. O compromisso foi assumido pelo ministro das Finanças, Olavo Correia, durante um encontro com os empresários de Sotavento, que visava discutir a proposta do Orçamento do Estado para 2017.

E, por fim, a notícia de que a empresa Bucan vai construir um hotel na Boa Vista. O anúncio da construção de um empreendimento hoteleiro em Lacacão - dentro da Zona de Desenvolvimento Turístico Integrado (ZDTI) de Santa Mónica, pela Bucan Construções e Imobiliária, poderá abrir as portas de Cabo Verde e da ilha da Boa Vista para mais intervenções desse importante grupo chinês, bem como de outros investidores. Vai ainda reforçar a possibilidade já bastante forte de entrada de turistas daquele gigante asiático no nosso país. Esta perspectiva, defendida por alguns analistas económicos, está a criar um frenesim entre os operadores do sector, que realçam que a China é o mercado emissor de turistas que mais cresce no mundo.

Suplemento cultural Kirolidade

A manchete de Kriolidade faz-se com “AKUABA: uma ponte entre Mindelo e a arte africana”. Segundo o caderno de Cultura, está a ser bastante atractiva a exposição de arte africana AKUABA, patente na cidade do Mindelo. A amostra já foi visitada por mais de 2.535 pessoas, entre nacionais, estudantes e turistas. São perto de 20 peças criadas por artistas de diferentes etnias e culturas africanas, todas pertencentes ao coleccionador Carlos Morbey Duarte Silva, que estão expostas em três espaços diferentes: Centro Nacional de Artesanato e Design (CNAD) e Alternativa Galeria. Aberta ao público até o final deste mês.

O jornal cultural anuncia ainda o lançamento de “Silvenius: Antalogia Poética”, de Arménio Vieira, em Lisboa. É o seu décimo livro do Prémio Camões 2009 e reúne poemas que o poeta cabo-verdiano começou a escrever há 40 anos sob a capa dessa misteriosa figura que dá título à sua novel obra.
Kriolidadi fala também de "Noz Kaminhada", primeiro disco do duo Netos de Amílcar. É o primeiro fruto de uma caminhada pelo mundo da música que teve início na infância, em São Lourenço dos Órgãos.

Os “The O”, a nova banda sensação de S. Vicente quer actuar no “Baía das Gatas”, diz o suplemento. A banda composta por seis jovens amantes de rock, reggae e música cabo-verdiana, pretendem ser um dos grupos do cartaz da próxima edição do festival da Baía das Gatas. O sonho é antigo, mas só agora, dizem, sentem-se preparados técnica e psicologicamente para subir ao palco de um dos maiores festivais ao ar livre de Cabo Verde.

Suplemento desportivo Lance

Lance destaca que a data do nacional de ténis está a ser contestada e que “Djopan”, presidente da Associação de Ténis da Ribeira Grande, prevê que o evento será um fiasco. O campeonato nacional da modalidade decorrerá nesse concelho da ilha de Santo Antão em finais de Dezembro, mas José “Djopan” Oliveira afirma que irá ficar fora dos preparativos da prova, por discordar da data escolhida e da forma como foi informado da decisão.

A Ultra-maratona da Boa Vista volta em Dezembro, diz o suplemento desportivo. Está marcada para os dias 10 e 11 de Dezembro a 16ª edição desta prova “non stop” que já conquistou o seu lugar no mundo do atletismo. São esperados mais de seis dezenas de atletas nesta competição internacional.

Na Brava, o Novo presidente da associação de futebol propõe mudanças, lê-se na primeira página de Lance. Samuel Baptista Varela, o novo presidente da Associação Regional de Futebol da Brava (ARFB), único concorrente ao cargo, obteve a unanimidade dos votos dos sete clubes presentes e já anunciou a realização de diversas provas e de acções de formação.

Sal recebe segunda edição do Hall of Fame de Artes Marciais em 2017, diz ainda o caderno dos desportos. Tido como um dos mais importantes eventos de artes marciais do mundo, o certame terá mais uma vez como palco a ilha do Sal, de 29 a 31 de Julho do próximo ano.

Radar-Página 7

O seu espaço de leitura obrigatória, com muitas novidades!

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau