ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do ASemana nº 1215 29 Janeiro 2016

A edição de hoje do A Semana que está nas bancas traz uma grande entrevista com o líder do MpD e candidato a primeiro-ministro. Ulisses Correia e Silva afirma que, se o MpD vencer o próximo embate eleitoral, vai implementar «medidas de emergência para estancar o processo de deterioração institucional, económica e social a que assistimos, criar oportunidades de emprego e de rendimento para os cidadãos». Tudo para «colocar, a médio e longo prazos, a economia de Cabo Verde na rota do crescimento económico vigoroso e inclusivo». Sobre as críticas internas que estão a envolver as candidaturas à Assembleia Nacional, avisa que não tem “a pretensão de agradar a todos a cem por cento», mas considera que o MpD parte para « as eleições com boas listas”.

Destaques do ASemana nº 1215

Iº Caderno

A Política, ainda, chama para a actualidade a notícia de que o deputado municipal da UCID, Lídio Silva, decidiu não participar na sessão solene do Dia do Município de São Vicente. Na base deste boicote está, como o deputado democrata-cristão disse, em exclusivo a este jornal, a falta de apoio dos seus pares ao teor do discurso que preparou para a solenidade. Enquanto os seus colegas de bancada defendiam que a mensagem do partido deveria ser cordial, por se tratar de uma sessão para comemorar o aniversário da ilha, Silva argumentava que era preciso “denunciar os desmandos" na administração na Câmara de São Vicente, "perpetrados por Augusto Neves”.

Na reportagem, o A Semana revela que a marginal que vai da praia da Lajinha à rotunda do complexo Pont d’Agua vai ganhar uma pinta ainda mais turística, se o projecto elaborado pelo arquitecto César Freitas for aprovado tal como concebido. Encomendado pela Enapor, o trabalho visa reordenar e explorar as potencialidades dessa orla, que ficará sob a jurisdição da empresa de administração portuária. A Enapor pretende debater as propostas com os sanvicentinos assim que receber o projecto, que fica pronto em Fevereiro. Iniciativas do género serão também implementadas em outras ilhas, na faixa gerida pela empresa.

Num outro registo mostra-se que os cabo-verdianos são exemplares nos cursos profissionalizantes em Portugal: a quase totalidade dos alunos que procuram Portugal para fazer uma formação profissional tem resultados positivos. O estudo “A Integração Académica e Social de Estudantes Oriundos de Cabo Verde no Ensino Português”, publicado na “Sensos”, revista dedicada a temas de educação, revela que 98% dos jovens obrigados a deixar Cabo Verde para fazer uma formação pós-ensino básico obtêm aprovação. A pesquisa mostra ainda que 72% desses formandos sobrevivem com menos de 100 euros.

Caderno Cifrão

Abre com a notícia de que dois colaboradores da Vivo Energy no Porto Novo, Rildo Tavares, que desempenhava as funções de agente e revendedor, e Osvaldo Santos, chefe de armazém da empresa, não tiveram os seus contratos renovados e foram suspensos por causa de um desfalque estimado em cerca de 20 mil contos. Os visados preferem não comentar o assunto, alegando que aguardam o desenrolar do caso, que já está sob alçada da justiça. Já o presidente do Conselho de Administração da Vivo Energy, Cristovão Coimbra, confirma que foram detectadas anomalias nos stocks dos armazéns da empresa e que, na sequência, a empresa rescindiu os contratos com esses colaboradores.

Numa incursão pelo turismo em Santo Antão, Cifrão mostra que os turistas tecem rasgados elogios à ilha e suas gentes. Contudo, o operador Emitério Ramos, proprietário da agência SANTTUR afirma que, apesar dos "galanteios" dos visitantes, o turismo na ilha vive uma autêntica “bagunça”, como sabe quem trabalha no sector. Os “atropelos” começam nas agências de viagens que não têm interesse em prestar um serviço de qualidade e terminam nos estrangeiros que procuraram a ilha para viver e fazer “negócios” clandestinos.

Revela que o empreendimento “Parque das Ilhas” está em consulta pública a ser implementado na zona de Algodoeiro em Santa Maria e que se destaca como conceito inédito. Numa área de 44.975 metros quadrados, será construído um parque temático com os marcos mais importantes da história de Cabo Verde, os traços etnográficos, o património urbanístico e natural e os usos e costumes das gentes das ilhas. O diferencial deste projecto é que vão ser criados pacotes especiais para explicar aos visitantes a história de cada ilha, com a ajuda de figurantes vivos, que vão reproduzir a vivência do arquipélago.

Caderno Kriolidade

“Cartas de Amílcar Cabral a Maria Helena: A Outra Face do Homem” chega às bancas no dia 12 de Fevereiro. Iva Cabral (primogénita do casal formado pela destinatária das missivas e o líder independentista caboverdiano-guineense) teve a ideia e a Editora Rosa de Porcelana transformou-a em livro. A obra destaca a correspondência de cunho pessoal e íntimo de Cabral para Maria Helena, além de poemas e notas da sua autoria, que reafirmam “a inteligência, a argúcia, o humanismo e o compromisso de Cabral para com as grandes causas”.

Noticia ainda que a nossa cidade-capital vai acolher de 1 a 3 de Fevereiro o 6º Encontro de Escritores de Língua Portuguesa (EELP), evento organizado pela União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa, em colaboração com a Câmara da Praia. O presidente da UCCLA, Vítor Ramalho comenta aqueles que serão os pontos altos do encontro – as homenagens a Corsino Fortes e Arménio Vieira, a exposição sobre a Casa dos Estudantes do Império, o lançamento do Prémio UCLLA “Novos Talentos, Novas Obras”. Ainda, o dirigente da UCCLA destaca o papel que a língua portuguesa e a sua literatura têm hoje no mundo, bem como, o trabalho que a instituição a que preside tem feito para preservar a herança comum.

Caderno Lance

No desporto, Lance revela que as ondas da praia de Ponta Preta vão receber surfistas cabo-verdianos e estrangeiros em duas competições distintas, que irão acontecer na ilha do Sal no próximo mês de Fevereiro. A famosa “pista” dos desportos aquáticos será palco da primeira etapa do circuito nacional de surf e bodyboard e do campeonato europeu de surf “Rip Curl Grom Search”, destinado a jovens com idade inferior a 16 anos.

Avança que estão esgotadas as vagas para as inscrições do I Congresso do Comité Olímpico Cabo-Verdiano (COC). O evento acontece este fim-de-semana e esperam-se mais de uma centena de participantes nacionais e internacionais. A procura superou as expectativas. Uma mostra do sucesso que o evento deverá ter no seio dos desportistas e da sociedade em geral. O secretário-executivo do COC, Leonardo Cunha, diz que foram abertos alistamentos para 150 pessoas, entretanto, poderá haver a possibilidade de 190 pessoas assistirem ao congresso dependendo do espaço disponível na sala.

Radar-página 7

Como é já habitual, os leitores podem encontrar muitas novidades no Radar.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau