ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do Jornal A Semana nº 1176 27 Fevereiro 2015

O seu jornal A Semana desta sexta-feira faz uma radiografia das ajudas canalizadas por países e organizações e que vão impulsionar a reconstrução de um novo assentamento para os deslocados de Chã das Caldeiras. Mas mostra também o que já se esperava: os moradores estão a regressar às suas antigas casas para morar e trabalhar. A investigação A Semana revela que 96 mil contos já entraram na conta aberta pelo Governo no Tesouro e que o montante se destina a dar nova vida aos desalojados. Os primeiros esboços deste novo assentamento começam a ser desenhados no Fórum de Reconstrução do Fogo que arranca na próxima segunda-feira, 2 de Março, na cidade de São Filipe. Mas ainda há ajudas prometidas que ainda não chegaram Por exemplo, aguarda-se os 150 mil contos prometidos pelo Banco Africano de Desenvolvimento, Timor-Leste e União Africana.

Destaques do Jornal A Semana nº 1176

A política faz-se com o líder do MpD a reafirmar o modelo de escolha dos candidatos do partido às eleições gerais do próximo ano . Ulisses Correia e Silva diz esperar e exigir de todos o seu acatamento e cumprimento. O modelo é aprovado este sábado pela Direcção Nacional do MpD e surge em resposta aos questionamentos de alguns dirigentes – regionais e veteranos – que temem que venha a preterir os que estão afastados dos centros de decisão na hora de preencher os lugares elegíveis nas listas para as próximas eleições gerais. Ou então que este lugares sejam ocupados por homens de confiança da actual liderança.

A actualidade anuncia dissonância na União dos Trabalhadores de Cabo Verde – Central Sindical por causa da revisão do Código Laboral. É que a contraproposta apresentada por esta Central Sindical viabiliza o projecto do Governo que pretende baixar os valores da indemnização por despedimento, com ou sem justa causa. Alguns sindicatos filiados – caso dos sindicatos da Indústria, comércio e Turismo e dos Trabalhadores das Instituições Financeiras - insurgem contra esta posição e ameaçam desvincular da UNTC-CS.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) vai apresentar no próximo dia 7 de Março à Comissão de Estatística da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, o "Grupo Praia". Trata-se de uma plataforma de peritos que discute e procura consensos sobre governança e que já conta com apoios do Alto-Comissariado para os Direitos Humanos, OCDE, Inglaterra, França, Filipinas, Panamá, África do Sul, de entre outros. Cabo Verde lidera este projecto mundial de discussão e deve assumir a sua presidência, caso a proposta for aprovada pela ONU.

E ainda: todos os membros do Tribunal de Contas estão fora de prazo. A começar pelo seu presidente, José Carlos Delgado, que cessou funções desde Julho do ano passado. Idem para os juízes José Pedro da Costa e Sara Boal. O caso mais gritante é o do juiz conselheiro Horácio Fernandes que há três anos está sem mandato. Mas apesar do estado anómalo em que vive uma das instituições mais importantes deste país - compete-lhe controlar e julgar as contas do Estado-, os juízes permanecem nos seus postos e continuam a julgar, o que levanta dúvidas sobre a legalidade das suas decisões.

O Kriolidade traz uma entrevista com Gilyto, que diz que "os CVMA serão o filtro entre a má e a boa música que se faz hoje em Cabo Verde". Diz Gilyto que o certame vai acontecer no dia 7 de Março, nas instalações da FIC, na Praia. Será a melhor festa de sempre, promete a organização. Mas, sem surpresa, as nomeações (feitas com base em um novo regulamento) dividem opiniões. Há quem acuse o júri de priorizar a popularidade, sacrificando a qualidade. O mentor dos prémios defende que é o contrário: "Nem sempre o que é bom é conhecido e os CVMA servem para dar a conhecer esse bom e, ao mesmo tempo, filtrar o melhor entre os mais populares".

O Lance noticia que no próximo dia 22 de Março, uma equipa da Peace Run, composta por 13 atletas oriundos da Alemanha, Áustria, Brasil, França, Itália, Portugal, Reino Unido, República Checa e Suíça, irão trazer a Tocha da Paz à Ilha de Santiago e escoltá-la durante todo um percurso circular à volta da ilha.

Num outro registo, diz que o “tubarão-martelo” Kevin “Kony” Coronel está a revelar-se uma peça-chave no sucesso do Imortal Basket Clube, equipa que lidera o campeonato português da terceira-divisão. Com uma média de vinte pontos por jogo, o ex-atleta da Académica do Mindelo é titular desde a sua estreia na formação algarvia, no passado mês de Outubro. Mas Kony tem como meta jogar na Liga Profissional portuguesa e assinar pelo Benfica, o seu clube do coração.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau