ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do Jornal A Semana nº 1181 03 Abril 2015

Protestos ao Estatuto dos políticos pode levar José Maria Neves a deixar o Governo. Eis a manchete do A Semana que chega esta sexta-feira às bancas. Diz o jornal que são cada vez mais intensos os rumores de que o Primeiro-Ministro está a preparar a sua saída, mas tendo o cuidado de deixar quase todos os ministros nos seus postos, para que possam dar continuidade ao programa de governação do PAICV sufragado nas urnas. A ter que tomar tal decisão, José Maria Neves só o faria depois de conhecer o veredicto do Presidente da República sobre o Novo Estatuto dos Titulares Políticos aprovado por unanimidade no Parlamento, mas que agora o povo, numa manifestação de revolta nunca vista em Cabo Verde - um tsunami político no dizer do líder do Movimento para a Democracia - exige o veto de Jorge Carlos Fonseca. Aliás, o Primeiro Ministro já preveniu a sua "entourage" que se o PR vetar o diploma não ficará no Governo.

Destaques do Jornal A Semana nº 1181

Numa edição temática do seu caderno principal, A Semana continua a falar do "tsunami político" que sacode por este dias a Nação cabo-verdiana em revolta contra a classe política, traçando o perfil do Mac # 114 - o movimento que fez “tremer” a classe política cabo-verdiana. Até há poucos dias era um ilustre desconhecido, à margem da agenda mediática e ignorado nas listas das diferentes castas da chamada sociedade civil e política. Autointitula-se Movimento de Acção Cívica (Mac# 114) e esta semana arrastou multidões para as ruas em protesto contra a aprovação do Estatuto dos Titulares de Cargos Políticos na Assembleia Nacional. O Mac# 114 está na boca do povo e promete manter alta a bandeira das causas sociais, de uma democracia mais inclusiva e participativa, de melhor gestão da coisa pública e de defesa dos direitos do povo cabo-verdiano.

O suplemento económico Cifrão revela que a gestão da recém inaugurada plataforma de frio do Porto Grande pode ficar nas mãos de um consórcio espanhol formado pelas empresas ATMLO, Frigorífico del Grove e Frescomar – esta última há muito instalada na cidade do Mindelo. O grupo espanhol foi o único que passou à segunda fase do concurso internacional lançado pela Enapor e que entregou, em tempo, a sua proposta técnico-financeira de exploração do complexo co-financiado pelo Reino de Espanha. A proposta ainda está em análise, mas a decisão definitiva será conhecida dentro de dias.

Outra notícia é que o sistema de comunicação e segurança marítima GMDSS (Sistema Global de Socorro e Segurança Marítima) instalado na Estação Costeira de São Vicente será nos próximos meses reactivado com equipamentos mais modernos, que privilegiam a tecnologia via satélite. A garantia deu-a a ministra das Infraestruturas e Economia Marítima, quando abordada sobre o “black-out” dos principais instrumentos desse complexo sistema de contacto mar-terra no caso de Cabo Verde vir a sofrer penalizações por parte da Organização Marítima Internacional, por incumprimento da convenção de salvaguarda de vidas humanas no mar (SOLAS-74).

Kriolidade antecipa o Atlantic Music Expo. E diz que a cidade da Praia volta a realizar o milagre cabo-verdiano: ser durante três dias o centro do mundo, ao unir continentes, oceanos, histórias, credos e raças num desígnio comum - a música. É a Atlantic Music Expo 2015, que este ano traz 500 profissionais de música ao nosso país. Antes, recebe Jazz de alta qualidade, com Richard Bona e Esperanza Spalding, duas revelações do jazz actual. São os cabeças de cartaz do VII Kriol Jazz Festival que tem lugar de 4 a 11 de Abril. Quatro dias de inovadoras propostas musicais que chegam de França, Camarões, EUA, Brasil, Portugal, Canadá, Haiti e Luxemburgo para transformar Praia num caldeirão de música crioula. Dany Silva, o senhor do blues e uma das referências da música de Cabo Verde, é o homenageado desta edição.

O suplemento desportivo Lance abre com os Jogos pan-africanos. É que Cabo Verde vai tentar o apuramento em voleibol masculino na cidade da Praia, perante as suas congéneres da Zona II, entre 28 de Abril e 4 de Maio. Com só uma vaga em disputa, os “Tubarões-Voadores” têm que vencer o torneio para conquistarem o direito a participar na 11ª edição dos Pan-Africanos, que acontece no Congo, em Setembro deste ano.

E ainda, a FIVB e a CAVB são as patrocinadoras de duas formações em Cabo Verde para árbitros de beach-volley e metodologia do ensino do voleibol de salão, esta última direccionada a professores dos níveis de ensino básico e secundário. Os cursos decorrem nas férias de Páscoa, nas ilhas de Santiago e de Santo Antão, e serão ministrados pelo professor universitário português Rui Carvalho.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau