ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do Jornal A Semana nº 1183 17 Abril 2015

A edição do A Semana desta sexta-feira noticia que o inspector André Semedo, ex-director da PJ em Sao Vicente, foi constituído arguido no processo de tráfico internacional de droga “Perla Negra”, uma operação desencadeada pela Polícia Judiciária na cidade do Mindelo em Novembro passado e que resultou na detenção de nove suspeitos e 521 quilos de cocaína pura apreendidos.

Destaques do Jornal A Semana nº 1183

O então director da PJ na ilha surge como arguido numa investigação da própria Polícia Judiciária em território sob sua jurisdição. Chamado a depor perante os magistrados Vital Moeda e António Sebastião, o ex-director da PJ entrou testemunha e saiu arguido. Semedo, que dirigiu a Inspecção da PJ em S. Vicente durante quatro anos, vê-se agora a braços com a Justiça num processo que parece comportar os crimes de tráfico de droga, associação criminosa e lavagem de capitais.

Na Política, Walter Évora substitui Aristides Lima no Parlamento. Este jovem político promete introduzir novas formas de fazer política no Assembleia Nacional, agora que vai ocupar a cadeira de deputado nacional pelo círculo eleitoral da Boa Vista, deixada vaga com a saída de Aristides Lima – o ex-presidente da Assembleia Nacional, que foi eleito juiz do Tribunal Constitucional na última sessão plenária da AN.

Mas o grande destaque das páginas políticas são as propostas do PAICV e MpD para dar corpo à democracia participativa que serão discutidas na sessão plenária da Assembleia Nacional da próxima segunda-feira: a Lei de Iniciativa Legislativa Directa dos Cidadãos (ILC). Para alguns analistas, "não deixa de ser um sinal de abertura à sociedade, emitido pelo mundo muito privado dos senhores do poder político". Outros dizem que é uma medida que chega em boa hora porque vai permitir que o modelo de democracia pluralista e representativa em Cabo Verde dê um salto de qualidade com esse "tempero" que reporta à essência da própria da palavra: demo+cracia = poder do povo.

O caderno económico Cifrão informa que o grupo de investidores belgas Talboom quer mais terreno para alargar “Baía de João d’Évora”. “O promotor Jan Talboom vai dobrar o volume de investimentos que tem previsto para São Vicente. É que, para além das 400 guesthouses e das 115 casas, quer erguer uma pequena unidade hoteleira, mais duzentas vilas e uma piscina de grandes dimensões. Estamos a falar de um projecto que ganhou dimensões grandiosas”, revela a nossa fonte.

Num outro registo, Cifrão destaca que a Impar vai distribuir 100 mil contos aos accionistas. Depois que o Banco de Cabo Verde (BCV) proibiu a distribuição de lucros relativos ao exercício de 2013 por causa da crise, esta é uma grande notícia para os investidores desta seguradora num ano em que os seus resultados líquidos aumentaram de 111.836 para 112.307 mil contos.

Mindelo capta Investimentos para ilhas do Norte é outra novidade. São Vicente recebe, a partir de 6 de Maio, o encontro internacional “Mindelo Meeting Point” cujo principal objectivo é captar investimentos para S. Vicente, Santo Antão e S. Nicolau. Virna Ramos, directora regional norte, perspectiva que uma centena de operadores turísticos nacionais e estrangeiros, cadeias de hotéis, companhias aéreas e promotores de investimentos vão fazer os “negócios acontecerem” na ilha.

A reclamação de mais de uma centena de agricultores de Fajã de Janela também merece honras de primeira página. Estão há um ano à espera de serem contemplados com os equipamentos de rega gota-a-gota prometidos pela ministra do Desenvolvimento Rural por altura da inauguração do sistema de bombagem de água naquela zona. Dos 135 proprietários da região apenas 11 beneficiaram do projecto anunciado por Eva Ortet, o que significa que a maioria das parcelas de terreno permanece seca quando na zona há um reservatório de 300 m3 de água a transbordar. E ainda, a notícia de que Portugal e Brasil integram a lista dos 51 fundadores do novo banco internacional proposto pela China, o Asian Infrastructure Investment Bank (AIIB), divulgada nesta quarta-feira, 15, pelo Ministério das Finanças chinês.

Já o Kriolidade “lança” Festa Fora, o novo CD dos Ferro-Gaita. O disco, que começou a ser vendido nas lojas digitais, é o sétimo álbum de originais do grupo. Não surpreende em termos de géneros musicais – a aposta continua a ser funaná, batuco e tabanca -, mas presenteia-nos com três surpreendentes participações especiais: Sara Tavares, Kim Alves e Justino Delgado.

Outra novidade é o surgimento no próximo Verão no Mindelo, mais precisamente nas ex-instalações da Confeccção Morabeza, a Academia Livre de Artes Integradas do Mindelo (ALAIM). João Branco é o mentor desta escola de artes idealizada para colmatar a falta de espaço para aulas, ensaios e espectáculos na ilha de S. Vicente. O encenador diz que a ALAIM será um celeiro de 656 metros quadrados de criatividade nas mais diversas formas de arte.

É manchete do Lance a ausência de Valdir Reis da selecção nacional de voleibol que vai disputar o apuramento de Cabo Verde para os Jogos Africanos na Cidade da Praia. Este “esquecimento” está a provocar indignação no seio dos amantes da modalidade. Considerado o melhor voleibolista de todos os tempos do país, Valdir não faz parte da convocatória do treinador Orazio Minecci. Os colegas e nem mesmo Valdir Reis sabe explicar o motivo de estar fora da lista, apesar de reconhecer que o clima entre ele e a Federação Cabo-verdiana de Voleibol ficou tenso desde que contestou a demissão do anterior treinador dos “Tubarões Voadores”, Luca Privitera”, ocorrida a meio dos jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau