ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do Jornal A Semana nº 1193 26 Junho 2015

O atraso na eleição do presidente do Tribunal Constitucional está a inquietar magistrados é o título que faz a manchete nesta edição do Jornal A Semana que chega esta sexta-feira às bancas. Os três membros do TC tomaram posse no mês de Maio, mas até agora não elegeram o seu presidente. Segundo os magistrados ouvidos por este jornal, o impasse no processo deve-se a uma estratégia em marcha, que conta com a bênção de figuras próximas da oposição e do palácio presidencial, para travar a eleição do jurista Aristides Lima (figura ligada ao PAICV), até agora dado como o candidato natural ao cargo.

Destaques do Jornal A Semana nº 1193

Ainda no rescaldo do assassinato de Tiago Almeida, de 18 anos, por um menino de rua, A Semana traz uma grande reportagem titulada “Choque da realidade”. Em destaque a frieza e a brutalidade de Maky, que já está preso, mostrou uma outra face da criminalidade praticada por menores e apelidada de "relomp", que está a ganhar corpo em S. Vicente. Os actores são menores que vivem nas ruas, que atacam de surpresa as suas vítimas com chuvas de pedras e garrafas, acompanhadas de gritos de guerra. Com este crime ficaram frente a frente os dois lados do Mindelo: o dos meninos de rua e o dos meninos que têm família, vão à escola e que gostam de se divertir. A Semana saiu à rua para falar com estes meninos “que ninguém vê”. São vultos com histórias de vida repletas de aventura e muito drama.

A rubrica Política anuncia que Estêvão Rodrigues será o cabeça-de-lista do PAICV por África nas legislativas de 2016. A liderança de Janira Hopffer Almada já deu luz-verde à proposta, mas ainda não formalizou a decisão. Rodrigues prefere não falar sobre o assunto, por considerar que o processo não está fechado. E ainda: Arminda Barros, jornalista e membro da direcção da AJOC, é o nome consensualizado entre as bancadas parlamentares do PAICV e MpD para presidir o Conselho Regulador da Autoridade Reguladora para a Comunicação Social (ARC). A proposta de Arminda Barros surgiu para substituir o magistrado Filomeno Afonso, que desistiu do cargo para que foi eleito, em Abril deste ano.

O jornal também chama para a primeira página a contestação surgida à volta da nomeação de Alindo Brandão para vogal do Gabinete de Reconstrução da Ilha do Fogo (GRF), alegadamente por estar em incompatibilidade de funções com os outros cargos que exerce. Num outro registo diz que os internautas estão insatisfeitos com CVT e Unitel T+: É que a velocidade da Internet está cada vez mais lenta e a indispor os clientes das duas operadoras, sejam eles utilizadores da rede móvel ou fixa. Nos últimos meses, empresas e particulares têm estado a contestar a qualidade da net que, conforme dizem, “cai” ou então bloqueia o tráfego da informação nos momentos mais críticos.

Kriolidade revela a boa nova da abertura de uma nova galeria na Praia com ideia de ter um evento por mês. Diz que Nela Barbosa é a primeira artista plástica cabo-verdiana a ter galeria própria. Um feito que consegue ao fim de dez anos de carreira por amor à pintura. O lucro não entra nestas contas. É a capital, Praia, onde paira uma energia cultural cada vez mais cosmopolita, que está a acolher a galeria que a pintora quer ver a transformar-se num centro de eventos artísticos, exposições, lançamento de livros, ateliers e palestras. E ainda que o grupo Juventude em Marcha inicia a 29 de Julho uma temporada de cinco espectáculos no Teatro Villaret, em Lisboa, com "Chuva Braba", peça baseada no romance de Manuel Lopes.

Lance retoma a saga entre Contxe e Ady agora com novos desenvolvimentos. É que o Ministério Público decidiu arquivar a queixa-crime formulado por Manuel “Contxe” Conceição contra o presidente do Mindelense, por injúria, difamação, ameaças e tentativa de atropelamento. O MP alega no despacho proferido no dia 18 de Junho que não encontrou matéria crime nos autos digna de tutela de investigação criminal. Pode ler-se ainda no Lance que o estádio Adérito Sena pode ser pequeno para os milhares de adeptos que vão apoiar as equipas do Mindelense, Derby, Paulense e Boavista da Praia, nos dois jogos da segunda mão das meias-finais do nacional de futebol. A primeira grande enchente é aguardada no sábado à tarde, no confronto entre os “leões encarnados” do Mindelense e a formação do Paul, representantes das ilhas vizinhas de S. Vicente e Santo Antão, respectivamente.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau