ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do Jornal A Semana nº 1201 17 Outubro 2015

A edição do "A Semana" que chega hoje às bancas revela o terramoto que sacudiu as finanças da Câmara do Porto Novo, com o Tribunal a dar provimento ao pedido dos antigos sócios da edilidade na empresa de desenvolvimento imobiliário Sotur. Como solução de recurso a um cofre zerado e muitas contas a acumularem-se, a CMPN fez um acordo extra-judicial com bancos comerciais para evitar novos bloqueios de contas bancárias. Mas para isso, a edilidade terá de cumprir o acordo com os ex-accionistas da Sociedade de Desenvolvimento Turístico e Urbano do Porto Novo (Sotur) e pagar as prestações firmadas de uma dívida que ascende a 90 mil contos, referente à compra das acções da Constur (27%) e da Editur (27%).

Destaques do Jornal A Semana nº 1201

Na Política, "A Semana" conversa com Lídio Silva, líder da bancada da UCID na Assembleia Municipal de São Vicente e co-fundador do partido democrata-cristão, que deixa a vida política activa decepcionado com os rumos que a política está a tomar em Cabo Verde: o descaso que os deputados mostram no Parlamento, as políticas adoptadas pelos sucessivos Governos...E nem a liderança do seu partido escapa a esse olhar crítico. Diz este militante histórico da resistência desde os idos anos da independência nacional que o único partido que saiu prejudicado da votação do Estatuto dos Titulares de Cargos Políticos foi a UCID, pois perdeu a oportunidade de mostrar aos cabo-verdianos que é diferente do PAICV e do MpD. Quanto a mais uma coligação partidária na Câmara Municipal, não tem dúvida de que “a UCID vai continuar a ser enganada pelo MpD”.

Actualidade política também sobre o movimento de esquerda liderado pelo académico de origem cabo-verdiana Pierre Tavares, que quer sair como a quarta força política mais votada nas eleições regionais de Dezembro, na Ilha de França – área metropolitana de Paris. O grupo que se denomina "Por uma Ilha de França Justa para Todos" vai disputar os 209 lugares de conselheiros. Aqui no país, o PAICV quer Severo Lima na Câmara da Boa Vista. O ex-secretário das Finanças, hoje no sector privado, é apontado como a opção dos tambarinas para as autárquicas de 2016. O dirigente nacional do PAICV, Walter Évora, até admite que existam outras alternativas, mas para ele Severo Lima tem o apoio da maioria dos militantes para o posto em disputa.

Actualidade para a notícia de que os magistrados judiciais e do Ministério Público estão indignados com a proposta do Governo relativa aos novos estatutos, e fizeram-no saber na carta que enviaram ao Ministério da Justiça e demais órgãos de soberania. A Associação Sindical dos Magistrados rejeita a proposta do Governo. Magistrados ouvidos pelo A Semana deixam claro que nunca pediram um “novo estatuto” ao Governo mas sim a “harmonização de algumas normas” para as duas magistraturas. Por isso, dizem não entender a pressa do Governo em aprovar o diploma, tanto mais que o Estatuto actual ainda em vigor nem sequer foi implementado na sua plenitude. Acham que o Governo ainda vai a tempo de corrigir os “absurdos” contidos na sua proposta, depois de ouvir a Associação Sindical no processo.

Num outro registo anuncia que a Ordem dos Médicos Cabo-Verdianos vai a eleições, no dia 28 de Dezembro, para renovar os seus órgãos nacionais e regionais. Mas a poucos dias da data-limite para oficializar as candidaturas – o prazo é até ao dia 28 – desconhece-se qualquer concorrente à liderança da OMC. O jornal retoma o caso da cantora Esmy Andrade para dizer que esta venceu a batalha judicial que travou com o ex-marido Kim Alves, para a guarda das filhas de 9 e 7 anos. Esmy Andrade avança que agora vai pedir protecção da Justiça cabo-verdiana e auxílio à Embaixada dos Estados Unidos em Cabo Verde, porque teme pela sua vida e das suas filhas.

O Suplemento Kriolidade anuncia que o cantor e compositor Dany Santoz está em estúdio a preparar o seu terceiro disco a solo, que deverá ser lançado no início de 2016. O projecto conta com temas originais da sua autoria e composições de Teófilo Chantre, Djoy Amado e Djim Job, além de outros artistas que o músico faz questão de não revelar ainda. Diz também que o grupo Mindel Reggae Family promove um ateliê de pintura e criatividade para as crianças menos favorecidas de Ribeira de Craquinha, Ribeirinha e Ribeira Bote, em S. Vicente. O atelier conta com três formadores, todas mulheres - uma espanhola e duas portuguesas.

Já o Lance diz que 35 pugilistas participam no Campeonato Nacional de Boxe, que acontece no Pavilhão Vavá Duarte. Organizada pela Federação, a prova engloba atletas das regiões desportivas de Santiago-Norte e Sul, Fogo, S. Vicente e Sal, que vão discutir o mais alto lugar no pódio do boxe nacional, nas categorias feminina e masculina.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau