ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do jornal A Semana nº 1230 13 Maio 2016

O A Semana traz nesta edição uma grande entrevista com o presidente da Câmara de São Vicente, que vai concorrer a um segundo mandado e afirma estar confiante na vitória. Augusto César Neves diz não temer a concorrência da UCID, o partido que mais cresceu nas recente eleições legislativas e elege como principal desafios a geração de empregos. Em jeito de balanço, elenca as obras feitas, fala dos empréstimos bancários, da integração dos funcionários no INPS, que obrigou a Câmara a desembolsar 2.900 contos mensais. Sobre o processo judicial em que foi constituído arguido, o ainda presidente garante que vai exigir respostas à justiça e desabafa que ficou mais calmo depois dos resultados eleitorais que deram a vitória ao MpD nas legislativas. Mas Neves deixa um recado para os seus pares. “Lá porque o MpD está no Governo, não significa que vou calar-me. Vamos ser tão ou mais exigentes com o Governo do MpD”.

Destaques do jornal A Semana nº 1230

O jornal faz ainda chamada de primeira-página com um apontamento sobre os políticos-dinossauros. Escuta algumas vozes críticas da sociedade cabo-verdiana que se levantam cada vez mais contra a permanência de presidentes por vários anos à frente das Câmara Municipais do país. Entendem que, embora eleitos democraticamente, esses autarcas, além do desgaste decorrente de longos anos de mandato, acabam por apegar-se ao poder, defraudam as expectativas dos munícipes e não promovem o desenvolvimento almejado pelos cidadãos nas suas regiões. Pedem por isso uma reforma legislativa para que o exercício do poder local seja mais salutar e consentâneo com um Estado de Direito Democrático.

Ainda na Política, revela que o pré-candidato à Camara Municipal da Praia (CMP), Alberto Melo, já definiu os preceitos que estão na base da sua plataforma eleitoral. O actual vereador de Infraestruturas, Transporte e Espaços Urbanos aposta num modelo inovador de desenvolvimento. Garante que uma das prioridades da sua equipa é a melhoria dos bairros mais desfavorecidos, com a construção de equipamentos e infraestruturas que possam criar condições aos investimentos imobiliários privados na área metropolitana.

Num outro registo, o presidente Óscar Santos, que pretende ser o escolhido pelo MPD como candidato à liderança da autarquia, apelou ao outro postulante saído das fileiras do actual executivo municipal, o vereador Alberto Melo, que desista da corrida. Fez igual pedido ao ex-líder do MpD, Agostinho Lopes. Tudo em nome de uma candidatura única que quer liderar.

Merece também destaque a notícia de que o superintendente Júlio Melício, actual director-nacional-adjunto da PN, pode ser o próximo chefe máximo da instituição, substituindo João Domingos Pina, que irá para a reforma. Fonte do A Semana explica que na superintendência, onde tem como colegas João Vieira, actual comandante regional da Praia, e Emanuel Estaline, director dos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, Melício é o mais indicado por reunir o melhor perfil não só académico como também profissional, dado o seu longo percurso na corporação. Pelo menos este é o cenário natural – tal como manda o Estatuto da Polícia – sendo que o seu nome é o mais consensual no seio da PN para ser escolhido como o próximo homem-forte da casa.

Revela também que um grupo de juristas pediu ao MP para promover a “detenção imediata” do magistrado Afonso Delgado e solicitou ainda ao Conselho Superior da Magistratura Judicial a abertura de um inquérito sobre crimes de abuso de poder, injúria e denegação de justiça supostamente cometidos por esse juiz. Para os causídicos Amadeu Oliveira, Rogério Reis e Arlindo Teixeira, o juiz tem de ser detido por haver risco de continuação da “actividade criminosa”. Por isso pedem celeridade à Procuradoria para “enquadrar o magistrado nos rigores da lei”.

Suplmento Económico Cifrão

Traz uma reportagem onde mostra que o “cabelo afro”, que esteve em voga nos anos 70 e depois voltou a ser “cabelo bedjo/kabelu bedju” tido como pouco estético, está a ganhar espaço na identidade das cabo-verdianas. Os químicos que esticavam o cabelo e o alisamento das escovas e “chapinhas” estão a dar lugar ao cabelo natural e com vida própria. A moda de “coroa” já faz a cabeça de grande parte das crioulas que se assumem como “afro-lindas” ou “afro-apaixonadas”. Novas concepções de negócio voltadas ao estilo afro começam a ganhar expressão no mercado nacional. Em contrapartida, os salões cabeleireiros, que não acompanharem este mercado, correm o risco de se extinguir.

Detalha o projecto que vai transformar o antigo Consulado Inglês, que faz parte de um grupo de edifícios testemunhas da presença britânica na cidade do Mindelo, num hotel. Localizado junto da Avenida Marginal, num lote com forma rectangular, ocupando uma área de 1.230 metros quadrados, a unidade está orçada em 150 mil contos e terá 31 quartos.

E relata o “caos” que está a apoderar-se do sector de Transporte Público na Ribeira Grande, Santo Antão. Diz que as licenças não param de aumentar e há viaturas legalmente licenciadas, clandestinas e até “licenciadas transformadas em clandestinas”, a percorrer a ilha numa competição desleal, na qual até pequenos autocarros “Coaster” têm lugar. Cansados, os profissionais da área acusam os Serviços Regionais de Viação e a Câmara de estarem a “inflamar o mercado”, com licenças em excesso e em circunstâncias “pouco claras”.

Suplemento Cultural Kriolidadi

O caderno cultural acompanha o jovem Ravidson que se assume como um "apaixonado pela música". De passagem por São Vicente, sua ilha natal, o músico trouxe na bagagem o seu mais recente álbum "Rising" para apresentar aos seus fãs. Há 21 anos a residir no Luxemburgo, Ravidson desponta como uma das novas vozes do “Kizomba” crioulo. O músico foi nomeado para os prémios Melhor Kizomba e Melhor Intérprete Masculino da recente edição do Cabo Verde Music Awards (CVMA 2016) para.

Noticia que a Câmara da Ribeira Grande vai solicitar junto do Instituto da Investigação e do Património Cultural a elevação dos centros históricos da Povoação e Ponta do Sol a Património Cultural Municipal e Nacional. Para isso, a edilidade está em fase de conclusão do inventário de todo o Património Cultural e edificado no concelho. O próximo passo será a sua classificação, para de imediato se avançar com o pedido.

Traça o perfil da cantora Raquel Teixeira, uma estudante do 12º ano, natural da Cidade de Cova Figueira em Santa Catarina do Fogo, que sonha ser cantora profissional. “Já tenho várias composições, mas falta-me oportunidades para actuar e ser (re)conhecida a nível nacional”, diz esta jovem, que também tem acompanhado outros artistas em alguns eventos.

Suplemento Desportivo Lance

Abre com a notícia de que a ginasta Elyane Boal vai submeter-se a um estágio intensivo em Portugal com vista à sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (Rio 2016). Agraciada com um convite especial (White Wild Card) para competir no maior evento desportivo do mundo, a atleta de 18 anos espera continuar o treinamento no Brasil.

Diz que o campeonato de andebol de Santo Antão teve início, depois de estar em risco devido a “graves” problemas financeiros. A prova, que regista um atraso de meses em relação a outras regiões, arrancou graças a um “esforço” da associação que, segundo o presidente Odair Almeida, conseguiu assegurar as mínimas condições para a sua realização. Em causa está um valor, de 160 mil escudos, usado na época passada, que precisa ser justificado junto da DG dos Desportos.

Dá conta ainda que a Universidade Lusófona começou a defesa do título de campeão masculino do torneio inter-universidades de São Vicente com vitórias sobre a Uni-Mindelo e o IUE, nas duas jornadas já disputadas. Com esses resultados, a Lusófona mantém-se provisoriamente no comando da competição, que está a ser disputada no polivalente de Chã de Alecrim.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau