ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do jornal A Semana nº 1233 03 Junho 2016

Burla com sementes: Mindelenses caem no golpe do “dinheiro fácil”. Eis o destaque da edição do jornal A Semana que chega hoje às bancas e que conta como a ganância por ganhos rápidos e sem grandes esforços levou, entre Janeiro e Abril deste ano, ao registo oficial de pelo menos 21 casos de burla em São Vicente. O crescimento exponencial deste tipo de crime pode estar relacionado com o aumento da divulgação nas redes sociais de curas milagrosas de algumas doenças com produtos naturais, com destaque para o uso de moringa e outras sementes.

Destaques do jornal A Semana nº 1233

Na actualidade Política, é o ex-presidente do Conselho Nacional da UCID, Carlos Araújo, que alerta: o partido vai perder a chance de conquistar, nas autárquicas deste ano, a Câmara de São Vicente, porque vai repetir o candidato de sempre – António Monteiro. Para Araújo, os democratas-cristãos teriam a possibilidade de conquistar o trono da Pracinha da Igreja caso renovassem o partido e concorressem com uma cara nova que tem ideias e propostas inovadoras. Araújo vai mais longe, afirmando que a UCID nunca conseguiu sair do «status» de partido dos “revoltados com a situação económica e financeira” e que dá voz à pobreza. Usa tais meios para o fim de ascender, porque não conseguiu criar uma filosofia própria que seria apresentável à sociedade para atrair os eleitores da classe média e provavelmente da classe intelectual cabo-verdiana, segundo Araújo critica.

Anuncia que João Delgado, professor licenciado em Planeamento e Administração em Transporte Marítimo, surge como um dos pré-candidatos bem posicionados para liderar a lista do PAICV à Câmara Municipal de Paul (CMP) nas autárquicas de Setembro deste ano. Delgado assegura que não descarta a sua participação na corrida à sucessão do actual Edil ventoinha António Aleixo. Contudo, ainda está tão-só a ponderar sobre essa possibilidade.

Informa que o professor na Faculdade de Ciências da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) Isidoro Gomes está disponível para candidatar-se à presidência da Câmara Municipal dos Mosteiros com o apoio do MpD, nas autárquicas de 4 de Setembro. Gomes alega que a sua decisão é movida pela vontade de servir as pessoas daquele município do Fogo: “Tenho o dever moral de me candidatar à presidência da edilidade dos Mosteiros, porque sinto que o município precisa de uma boa liderança política”. Diz que o professor Albertino “Titota” Graça, actual reitor da Universidade do Mindelo, já informou os seus pares de que pondera concorrer à Presidência da República de Cabo Verde no pleito previsto para o último trimestre deste ano. Mas Graça confidenciou que só vai avançar com o seu projecto político, caso o ex-primeiro-ministro José Maria Neves não venha a participar na corrida.

Merecem também honra de primeira página as mudanças no Sistema de Segurança Nacional. Diz o jornal que o novo Governo já iniciou as movimentações para fazer as mudanças ao nível de chefias das principais entidades ligadas a este sistema. O destaque vai para António Varela, jurista e quadro do Banco Central de Cabo Verde, que será o novo director do Serviço da Informação da República (SIR). Já o superintendente Emanuel Estaline Moreno foi proposto ao Governo pelo ministro da Administração Interna para ser o director nacional da Polícia Nacional.

Caderno Económico Cifrão

Abre com uma reportagem sobre os problemas que os contribuintes estão a enfrentar para enviar, através do sistema online, o Modelo 112 (a Declaração Anual de Rendimento de Pessoas Singulares), acompanhado dos respectivos comprovativos de despesas dedutíveis relativas ao ano económico de 2015. Por causa disso, muitos cidadãos desistiram de preencher esse modelo. Outros optaram por fazer a entrega directa das declarações junto das Repartições de Finanças (RF), mas alegam que tal possibilidade foi-lhes recusada pelos funcionários, que justificam que estão a cumprir ordens superiores. Entretanto, a lei dá essa prerrogativa aos contribuintes. O artigo 75º (Forma de Apresentação das Declarações) do Código do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IUR) diz que a apresentação das declarações previstas neste Código é efectuada através dos meios disponibilizados no sistema de transmissão electrónica de dados ou, na sua falta, junto de qualquer RF. Entretanto, o Ministério das Finanças e Planeamento (MFP) vai prorrogar até ao fim deste mês de Junho a entrega do Modelo 112. Um prazo que espera ser suficiente para os contribuintes ultrapassarem as dificuldades em preencher o documento, que pela primeira vez terá de ser entregue só por via electrónica. Ou então podem simplesmente desistir de enviar os comprovativos das despesas, que aliás são opcionais.

Desvenda os segredos do projecto de arquitectura do Aquiles Eco Hotel. De acordo com a notícia, o design original e a integração do pequeno empreendimento turístico Aquiles Eco Hotel na aldeia piscatória de São Pedro, em São Vicente, estão a ganhar o mundo, através do www.archdaily.com , site que é visualizado regularmente por mais de um milhão e meio de pessoas da Europa, Ásia e América Latina. A página destaca a arquitectura simples e flexível desta unidade hoteleira, que dialoga com as casas da aldeia e cria um dinamismo à sua volta, envolvendo toda a comunidade piscatória local.

Diz que o Grupo RIU sediado em Gibraltar vai construir mais dois hotéis, de 500 quartos cada, na ilha da Boa Vista – um deles será de cinco estrelas. Os projectos encontram-se já na fase de elaboração, mas o grupo já agendou para 2017 e 2018 a inauguração destes dois grandes empreendimentos turísticos. E ainda que a empresa portuguesa GPS Tour, que se encarregou durante vários anos de trazer turistas, sobretudo portugueses e franceses, acaba de deixar Cabo Verde com avultadas dívidas por saldar junto dos seus fornecedores. As lesadas são empresas do ramo da hoteleria e transportes sediadas em Santo Antão, São Vicente e Sal.

Caderno Cultural Kriolidadi

Destaca Hilário Silva, um jovem que começa a dar cartas na música em Cabo Verde. Natural da ilha de São Vicente, desde muito pequeno despertou para o dedilhar da guitarra e hoje afirma-se como um artista inovador, pois as suas melodias contemplam a mistura entre ritmos do mundo e estilos tradicionais. A preparar o lançamento do seu primeiro disco a solo, o músico adiantou a este jornal que já tem todas as composições feitas, faltando apenas os retoques finais de produção.

Num outro registo revela que a arte de fazer instrumentos musicais de corda em Cabo Verde sobrevive graças ao esforço, entrega e paixão dos construtores mindelenses. Luís Baptista e Aniceto Gomes preservam ainda este saber-fazer que herdaram do mestre Nhô Baptista. A falta de matéria-prima adequada no mercado e a ausência de medidas para estimular a compra de instrumentos musicais constituem dois dos maiores entraves ao desenvolvimento desta arte no país.

Caderno Desportivo Lance

Diz que o Atlético do Mindelo está a uma vitória de revalidar o título de campeão regional de S. Vicente em andebol masculino. Os “atléticos” venceram o Batuque na segunda partida da fase final dos Playoffs e podem arrumar o contencioso com a formação axadrezada, já esta semana. Para tanto, basta ao campeão nacional infligir mais uma derrota aos adversários.

Revela a preocupação do seleccionador nacional de atletismo, Júlio Nagana, com o estado físico das atletas Lidiane Lopes (100 metros) e Sandra Ribeiro (triplo salto), candidatas a “wild-card” femininos para os Jogos Olímpicos - Rio 2016. A velocista Lidiane Lopes é a que mais suscita preocupação neste momento, devido ao seu peso e por causa dos resultados alcançados nas provas que disputou até agora. “Ela não teve um resultado satisfatório na sua última competição, no Rio de Janeiro. Essa corrida deveria servir para melhorar o seu recorde nos 100 metros, que é de 12,43 segundos. No entanto, terminou a prova com 12,67 segundos. Lidiane está acima do peso e precisa rapidamente melhorar a sua condição física”, afirma.

No Basquetebol, antecipa a posse do novo elenco directivo da Federação Cabo-Verdiana de Basquetebol, que acontece esta sexta-feira. Conforme avançou o seu presidente, a prioridade será resgatar a boa imagem da instituição. André Delgado está consciente do trabalho que tem pela frente, mas encara o desafio com grande expectativa, almejando novos horizontes para a modalidade no país.

E ainda, diz que o Campeonato Nacional segue a passos largos para o término da fase de grupos. As equipas procuram desesperadamente vencer todos os jogos ainda por disputar, para poderem alcançar as meias-finais. O campeão em título, Mindelense, depois de mais um empate desta feita perante a equipa da Académica 83 do Maio, joga em casa e procura evitar novo deslize, que comprometa a classificação.

Radar-página 7

Convidamos os leitores a ler esta página, que está com muitas novidades.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau