ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Destaques do jornal A Semana nº 1249 30 Setembro 2016

Cabo Verde é um dos muitos países africanos que estarão a comprar combustível de baixa qualidade à empresa Trafigura que, junto com a Vitol e a BP, está a ser acusada de exportar diesel sujo para o nosso continente. Eis a manchete do A Semana que já está nas bancas. A notícia tem por base um relatório da organização não-governamental Public Eye, que acusa estas três firmas de misturarem combustível com enxofre em quantidades não permitidas na Europa. A Vivo Energy reage, dizendo que a importação dos produtos petrolíferos no país é regulamentada e controlada pela Agência Regulação Económica (ARE). A Enacol, afirma, por seu lado, que os critérios para o fornecimento internacional de combustíveis são em Cabo Verde claros e transparentes. Já a ARE repete que o abastecimento é concluído, em cada ano, mediante um Caderno de Encargos, cada vez mais rigoroso. O PCA, Lívio Lopes, refuta a ideia de que seja sempre a mesma empresa a vencer todos os concursos anuais. Admite, entretanto, que esta notícia serve de alerta para a agência fortalecer o controlo e a fiscalização e respeitar o processo de selecção de modo ainda mais exigente e transparente.

Destaques do jornal A Semana nº 1249

Primeiro Caderno

A dois dias do término da campanha eleitoral para as presidenciais, o A Semana revela, no Primeiro Caderno, que os candidatos Jorge Carlos Fonseca e Albertino Graça jogam, esta sexta-feira, a sua última cartada na cidade da Praia com vista às eleições deste domingo, 2 de Outubro. O duelo final entre Titota e Zona acontece na cidade da Praia, maior praça política do País, depois de terem feito um pré-encerramento, ontem, em São Vicente. Graça promete conquistar o eleitorado com uma grande festa em Achada de Santo António. Fonseca estará no largo do Garden Grill, depois de um périplo pelo interior de Santiago, que levará o candidato a Santa Cruz e Calheta. Já Joaquim Monteiro continua com as conversas de pé de orelha.

Chama para Actualidade uma polémica envolvendo Agentes da PN que prestam serviço de Fronteira no Aeroporto Nelson Mandela, Praia, que acusam o chefe de Divisão, Daniel Cabral, de estar a favorecer a esposa, sempre que há saídas em missão de serviço para outras ilhas do país. Os denunciantes dizem-se “desgastados” e pedem à Direcção da Polícia Nacional que tome medidas para pôr cobro a essa situação e melhorar o relacionamento, substituindo a actual chefia. Apesar dos vários esforços por parte deste semanário no sentido de ouvir o visado, tal não foi possível, até ao fecho desta peça, porque o chefe da divisão de Fronteiras estava fora em viagem de serviço.

Polémicas são também as declarações do presidente do Sindicato Nacional dos Professores (SINDEP), que acusa o Governo de Ulisses Correia e Silva de estar a fazer perseguição política à classe docente. Para Nicolau Furtado, só isso explica que professores com mais de 20 anos de serviço e que não sejam afectos ao MpD estejam a ser mudados para escolas que ficam a grande distância das suas residências. Pelo contrário, os docentes simpatizantes do partido que sustenta o Governo estão a ser beneficiados, trabalhando bem perto de casa.

No Social, anuncia que Supremo Tribunal da Justiça (STJ) absolveu, na última semana, seis dos nove condenados no caso de violação de uma menor em Pontinha de Janela no Paul. Ruben Manuel Ramos Lopes, (Ruby), que na altura do crime era supostamente o namorado da menor, beneficiou da nova lei do Código Penal. A sua pena de quatro anos e nove meses de prisão efectiva foi suspensa em cinco. Hirondino Silva “Jojoy”, ex-presidente da JPAI, que recebeu a pena mais pesada - oito anos e 10 meses de reclusão - foi absolvido, assim como Manuel Jesus Delgado, César da Cruz Santos, António Manuel Alves e Celestino da Luz Mota. Alcindo Santos “Karaca”, e Carlos Esteves não recorreram ao STJ.

Suplemento Destaque

O Destaque é com uma grande entrevista com o embaixador de Cuba em Cabo Verde, Alejandro Díaz Palacios. Este afirma que “Cabo Verde tem votado sempre a favor da Resolução da Assembleia Geral de Nações Unidas que demanda a eliminação do bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos da América contra Cuba”. É desta forma que o diplomata agradece ao nosso país pelo apoio à luta contra o embargo económico a Cuba, que se arrasta desde a década de 1960. Diz que os danos acumulados pelo bloqueio são da ordem dos 753.688 biliões de dólares. Revela também que são mais de mil os cabo-verdianos que concluíram o ensino superior em Cuba - neste momento cerca de 42 prosseguem formação académica naquele país, dos quais 29 estudam medicina. Palacios exalta a amizade entre os dois países e ainda fala sobre a importância da criação do curso de medicina em Cabo Verde, sector que considera ser de extrema importância.

Caderno Económico “Cifrão”

Além da reportagem sobre a venda de combustível sujo em Cabo Verde, o Caderno Económico noticia ainda que o representante do navio “Luzia” acusa a Capitania dos Portos de Sotavento de demora na suspensão do desembaraço marítimo do barco, que esteve retido no Porto da Praia, alegadamente por razões de segurança devido às condições de transporte de carga no convés. Érico Miranda afirma que os dias que estiveram parados afectaram negativamente a imagem que a empresa suou para construir. O Capitão dos Portos, Manuel Claudino, recusa-se a pronunciar publicamente sobre o assunto. Diz apenas que o processo administrativo foi instruído correctamente e pode ser consultado.

O Cifrão diz que acontece esta sexta-feira, 30 de Setembro, e sábado, 01 de Outubro, o Fórum da União de Exportadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). O propósito é apresentar São Tomé e Príncipe como um país atractivo para o investimento e parcerias, contribuir para o desenvolvimento sustentável da sua economia nacional e estabelecer parcerias empresariais. E anuncia que o antigo DG das Pescas, Carlos Évora, está de regresso, depois de ter cumprido uma licença de média duração sem vencimento, com residência fixa nos EUA. Évora, enquanto engenheiro industrial de profissão, acaba de ser reintegrado como assessor para a área das pescas pelo ministro Economia José Gonçalves.

Caderno Cultural “Kriolidade”

Informa que a emissora brasileira Globo estreia a novela “A Lei do Amor” no dia 3 de Outubro. Esta novidade é partilhada com os fãs cabo-verdianos pelo actor Paulo Lessa de 34 anos, casado com a cabo-verdiana Cindy Cruz, e que se autointitula “mnine d’Soncent”. “Quero partilhar esta novidade por duas razões: primeiro porque fui muito bem tratado em Cabo Verde, país que tem uma ligação histórica muito forte com o Brasil. Em segundo lugar pude notar que os cabo-verdianos adoram as novelas brasileiras e espero sinceramente que possam ver esta nova produção, que é muito importante para a minha carreira”, explica. O actor está a preparar um projecto de intercâmbio entre artistas brasileiros e cabo-verdianos, “Conxê” (Conhecer), que visa a partilha de experiências e a promoção da cultura do nosso arquipélago na terra do samba.

Caderno Desportivo “Lance”

Retoma o caso de falsificação de documentos envolvendo o jogador Platiny, que esta semana fez manchete em vários jornais portugueses, depois de despoletado na edição anterior do A Semana. Numa entrevista concedida ao jornal Expresso, o futebolista cabo-verdiano voltou a defender a sua inocência e a reafirmar que nunca falsificou os documentos, como está a ser acusado pelo Serviço de Emigração e Fronteiras e o MP português. O ex-atleta do Gil Vicente relatou que foi descoberto e levado para Portugal com 16 anos por um italiano e um alemão que o viram a jogar em S. Vicente, mas foi abandonado à sorte assim que chegou às terras lusas.

Radar - página 7

Confira as novidades, que chegam com a dose de humor q.b. Boa leitura a todos, procurando, nos ardinas ou nos locais habituais, o seu jornal preferido, o A Semana!

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau