NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Disco “Boas Festas” de Luís Morais é património histórico e cultural 20 Dezembro 2015

O Governo decidiu classificar o LP “Boas Festas” de Luís Morais, como património histórico e cultural nacional. Além de valorizar, proteger e promover o LP “Boas Festas”, contribuirá também "para que a nação tome, ainda mais, consciência do valor desta obra, sua importância e do papel que desempenha enquanto elemento de união dos cabo-verdianos".

Disco “Boas Festas” de Luís Morais é património histórico e cultural

O Governo realça que no disco, todo ele dominado pela coladeira-samba, destaca-se o clarinete como instrumento solista, magistralmente executado por Luís Morais.

O acompanhamento é assumido pelo célebre conjunto Voz de Cabo Verde, uma referência incontornável da música cabo-verdiana e do qual Luís Morais foi cofundador.

Dia o governo que «Boas Festas» é um disco intemporal, que está inscrito na memória coletiva dos cabo-verdianos, quer pelo seu alto valor artístico intrínseco, quer pela carga afetiva que lhe está subjacente.

Em Cabo Verde, "Boas festas é o disco mais ouvido de todos os tempos", tendo a magia de remeter "toda a nação cabo-verdiana para a quadra festiva", como de resto o "próprio título sugere".

"O tema Boas Festas é um hino oficial da quadra festiva no qual sucessivas gerações de cabo-verdianos, dentro e fora do país, se revêm. Toca profundamente a alma dos cabo-verdianos espalhados pelos quatro cantos do globo, pelo que se torna legítimo encará-lo como mais um dos elementos que contribuem para o reforço da nossa identidade cultural", fundamenta o Governo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau