POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Disputa no MpD S.Vicente: Armindo Gomes vai concorrer à liderança regional 09 Janeiro 2017

O advogado Armindo Gomes avança, em exclusivo ao Asemanaonline, que vai concorrer à liderança do MpD em S.Vicente. Gomes assevera que, se tudo correr como espera em termos de ambiente e correlações de forças no seio da organização, vai anunciar a sua candidatura à presidência da Comissão Política Concelhia (CPC) do partido uma semana depois da realização da Convenção Nacional, que está prevista para os dias 3 e 4 de Fevereiro, na Praia. «Batchinha», como é conhecido no Mindelo, pretende disputar o referido posto actualmente ocupado pelo deputado nacional João Gomes, que ainda está para clarificar se irá ou não recandidatar-se ao cargo. A iniciativa promete agitar as bases.

Disputa no  MpD  S.Vicente: Armindo Gomes vai  concorrer à liderança regional

Começa a aquecer o clima político entre os ventoinhas no Mindelo. É que, com a Assembleia Concelhia electiva prevista para o mês de Fevereiro – o novo regulamento eleitoral do estatuto exclui directas -, está aberta a disputa interna para a liderança do MpD na ilha do Porto Grande. Armindo Gomes, que viu o seu projecto de ser deputado da Nação e presidente da Assembleia Municipal de S.Vicente preterido nas últimas eleições legislativas e autárquicas, vai agora participar na corrida à presidência da Comissão Política Concelhia do MpD na ilha.

Advogado da profissão, «Batchinha», como é conhecido, declara que vai anunciar a sua candidatura à chefia do partido depois da Convenção Nacional de Fevereiro. «Já tenho uma base de candidatura e um núcleo significativo de apoiantes na ilha. Porque estamos em eleições para a escolha do líder do partido e de delegados à Convenção Nacional, não pretendo agora lançar a minha candidatura. Mas, se tudo correr como espero em termos de ambiente e correlações de forças no seio do partido – na política não se pode prever tudo -, vou anunciar, uma semana depois da Convenção, a minha candidatura à presidência da CPC do MpD em S.Vicente», assevera Armindo Gomes.

Aviso à liderança cessante

Armindo Gomes diz estar preocupado com o processo eleitoral, ao insurgir-se contra aquilo que considera ser a tentativa para adiamento da magna assembleia concelhia.Para o político, é fundamental que as eleições dos órgãos regionais não sejam adiadas, visto que o mandato deles expira em Fevereiro próximo. « A CPC deve ser eleita em Fevereiro. É importante que seja respeitado o estatuto do partido e a vontade expressa dos militantes neste sentido», apela Gomes, que só promete revelar as razões da sua candidatura no momento do seu lançamento público.

A confirmar o projecto político em causa, Armindo Gomes vai assim disputar a presidência da Comissão Política Concelhia do MpD em S.Vicente. Um posto que é ocupado actualmente pelo deputado nacional João Gomes. Mas este ainda não clarificou se vai ou não recandidatar-se à liderança local do partido e não atendeu as nossas chamadas feitas neste sentido.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau