Retratos

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

EUA: Morreu Steve Bochco, criador de "A Balada de Hill Street" 03 Abril 2018

Steven Bochco, o criador de séries que ficam para a História da televisão, como Hill Street Blues (Balada de Hill Street em Portugal), L.A. Law, (As Teias da Lei) ou Doggie Houser, M.D (O Menino Doutor), morreu aos 74 anos, na região de Los Angeles.

EUA: Morreu Steve Bochco, criador de

De acordo com um porta-voz da família, Bochco foi vítima de um cancro. Em 2014, o produtor, guionista e realizador, recebeu um transplante de células estaminais, por causa da leucemia que lhe fora diagnosticada meses antes.

Bochco mudou o rumo da ficção audiovisual nos Estados Unidos, com histórias de tribunais e polícias que lutavam contra o crime na Nova Iorque dos anos 80. Produzida entre 1980 e 1987, a série Balada de Hill Street foi nomeada para 98 Prémios Emmy.

Em 1986, L.A. Law (As Teias da Lei, em Portugal) retrata a vida numa firma de advogados em Los Angeles.

A série, produzida pela NBC, durou oito temporadas, e abordou temas como os direitos dos homossexuais, a violência doméstica, a epidemia da SIDA nos Estados Unidos ou os motins que abalaram a metrópole do sul da Califórnia - o caso Rodney King.

Considerado por vários críticos de televisão dos EUA como um dos mais importantes autores de ficção televisiva, Bochco disse, numa entrevista à Fundação da Academia de Televisão, que A Balada de Hill Street "não era uma série sobre polícias, mas sobre pessoas, pessoas que tentavam sobreviver num ambiente que lhes impunha um trabalho com tarefas impossíveis de cumprir."

Tanto A Balada de Hill Street como As Teias da Lei mostraram o lado dos polícias e advogados que pouco ou nada se na televisão: o dos problemas pessoais e o dos obstáculos que supõem as relações entre colegas.

Uma mistura de suspense e telenovela que valeu a Bochco o reconhecimento e êxito de uma carreira de três décadas.

Depois de O Menino Doutor - o primeiro êxito do ator Neil Patrick Harris - uma série sobre a vida de um jovem sobredotado, formado em medicina, que tenta conciliar a vida no hospital com a adolescência, Bochco volta a romper barreiras com NYPD Blue (A Balada de Nova Iorque).

No início dos 90, NYPD Blue chocou os Estados Unidos, com linguagem sem censura e cenas de nudez. Na altura, dezenas de estações afiliadas à ABC a recusaram transmitir a série.

Apesar das críticas negativas, a série durou 12 temporadas e conseguiu vários prémios. Chamado a defender NYPD Blue em diversas ocasiões, Bochco dizia que preferia o r"ealismo no que produzia" e que acreditava em "tratar os telespetadores como adultos".

Steven Bochco nasceu em Nova Iorque, em 1943, e é de origem judía. Estudou na Escola Secundária de Música de Manhattan ( agora Escola Secundária Fiorello H. LaGuardia de Música, Artes e Artes do Espetáculo) e na que é agora a Universidade Carnegie Mellon.

Depois dos estudos, mudou-se para Los Angeles e começou por trabalhar na Universal Studios, indo depois para produtora MTM Enterprises. Era casado e tinha dois filhos e dois netos. Fontes: Euronews c/ Reuters, NBC NEWS

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau