DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

EUA: Tiroteios com mortos preocupam autoridades, cabo-verdianos e residentes em Brockton 11 Julho 2017

Depois de várias semanas, com poucos incidentes, a cidade de Brockton dos EUA, onde vivem muitos crioulos, entrou em erupção com alguns casos do uso de armas de fogo. Nos últimos dias, foram vários casos. Um homem morreu esta segunda-feira,10, depois de ter sido baleado várias vezes, marcando o quinto homicídio nessa cidade norte-americana no corrente ano. Esta situação crescente da criminalidade preocupa as autoridades da Cidade, bem como os residentes. Uma cidade onde estão milhares de cabo-verdianos - há duas semanas um jovem descendente de cabo-verdianos do Fogo foi baleado, mas está fora de perigo.

EUA: Tiroteios com mortos preocupam  autoridades, cabo-verdianos e residentes em Brockton

Conforme o site Enterprisenews, um homem morreu depois de ter sido baleado, várias vezes, no início da manhã desta segunda-feira na referida cidade norte-americana. A vítima, apenas identificada como um homem que pelo menos recentemente viveu na cidade, foi conduzida ao Hospital Signature Healthcare Brockton em um veículo privado. Mais tarde viria morrer no hospital, de acordo com o prefeito de Brockton, Bill Carpenter.

Os oficiais, que responderam à cena, encontraram uma mulher com ferimentos de bala. Foi levada de ambulância para um hospital local com uma lesão, mas encontra-se fora do perigo da perda de vida.

O homicídio desta segunda-feira marca o quinto assassinato em Brockton este ano, depois de apenas dois assassinatos na cidade em 2016. Algo que preocupa as autoridades da Cidade, bem como os residentes desta.

Também teria ocorrido tiroteios na rua- 68 Field St., o site do Max’s Blues Cafe, também conhecido como Maxpo’s Hideout, uma estrutura de dois andares no canto da North Montello Street. Ali, mais dois homens sofreram ferimentos graves quando entraram na luta com uso de armas.

"Começou com algum tipo de alteração entre duas pessoas no estacionamento e entraram em tiroteio", disse uma das testemunhas à polícia. Pelo menos dois homens armados dispararam mais de 25 tiros para as ruas e calçadas em torno de Max’s Café. Disseram testemunhas que teriam ouvidos mais do que 25 disparos, mas a Policia encontrou apenas provas de 25 invólucros.

Tiros foram disparados por vários minutos, enquanto as pessoas se dispersavam, fugindo freneticamente da cena. "Parecia fogos-de-artifício no início. Então eu olhei para ver os fogos-de-artifício – mas não era, todo mundo corria para se esconder atrás de seus carros. Foi realmente uma cena de filme",disse uma das testemunhas.

Num período de seis horas, a polícia respondeu a relatos de tiroteios em seis locais separados em toda a cidade. Algo que chama atenção das autoridades da Cidade bem como os residentes, sobretudo, milhares de cabo-verdianos, que ali residem.

Há duas semanas, um jovem, de descendentes do Fogo, terás sido também atingido por tiros por um grupo de jovens em Brockton. Conduzido ao hospital, a vitima encontra-se, neste momento, fora de perigo de perda de vida.

C/Enterprisenews

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau