ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Economia nacional dá sinais de retoma 22 Dezembro 2015

A economia cabo-verdiana está a dar sinais de dinamismo com o surgimento de novos e significativos investimentos estrangeiros, sobretudo no sector do Turismo. Destaca-se ainda a grande taxa de ocupação dos hotéis por esta altura. Estas considerações foram feitas pelo primeiro-ministro, José Maria Neves, à margem do encontro do Conselho de Desenvolvimento Empresarial. Neves avançou ainda que a economia nacional não está parada, “há sinais claros de retoma, como mostra o lançamento de mais um grande empreendimento hoteleiro na ilha da Boa Vista", do consórcio «The Resort Group» (TRG), o Mélia White Sands na Praia de Santa Mónica.

Economia nacional dá sinais de retoma

A par desses, outros grandes investimentos já foram anunciados ou iniciadas as obras, caso do Cabo Verde Integrated Resort & Casino do milionário de Macau, David Chow. O projectado casino tem um orçamento a rondar os 200 milhões de dólares, valor correspondente a aproximadamente 15% do PIB nacional. A primeira-pedra será lançada já em Fevereiro de 2016.

O Hotel Hilton no Sal, da Sociedade Batuque Hotelaria e Turismo SA, orçado em cerca de 5 milhões de contos, ou o Praia World Trade Center da Associação Empresarial de Luanda (AEL), orçado em 100 milhões de dólares, aproximadamente, o Llanas Beach ou o Hotel Hilton da Praia, ambos do TRG, são exemplos de empreendimentos que estão a surgir.

Ao nível do sector público, José Maria Neves garante que o Governo está a dar o seu contributo para o crescimento económico do país, com a ampliação dos aeroportos da Boa Vista e da Praia e a modernização de vários portos do país, nomeadamente do Sal e da Boa Vista. Também se está a investir na modernização e ampliação da rede energética, de água e saneamento em todo o país.

Tudo isto leva o Chefe do Executivo a concluir que “as coisas estão a funcionar. Há uma retoma clara da economia, só que essas coisas não se reflectem imediatamente em termos estatísticos. Mas pela vida e pelo pulsar económico e das empresas a economia já está em retoma”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau