DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Elite Lisbon contrata modelo cabo-verdiana Doila Delgado 07 Setembro 2015

Doila Delgado é uma modelo de 25 anos que está a dar que falar nas passarelas de Portugal. A modelo, que é o rosto do centro de estética Sbeauty Farm em São Vicente, a sua ilha natal, acaba de assinar um contrato com a agência Elite Lisbon. De férias em Cabo Verde e prestes a terminar o mestrado em Psicologia Clínica, Doila está ciente de que a sua carreira na moda começou um pouco tarde. Mas diz-se preparada para chegar ao topo: pisar as grandes passarelas do mundo e vestir as maiores marcas.

Elite Lisbon contrata modelo cabo-verdiana  Doila Delgado

O asemanaonline aproveitou as férias de Doila em São Vicente para conhecer esta crioula que está a brilhar em terras lusas. O sol poente banhava a baía do Porto Grande, o Monte Cara, ao fundo, testemunhava a beleza exótica desta cabo-verdiana. Rosto de menina-mulher, pele morena e um corpo escultural – 1,80 m de altura, 89 de ancas, 86 de busto e uma simpatia que cativa qualquer um.

Foram estes atributos que despertaram o interesse de uma ’booker’ que, em 2011, encontrou Doila no café de um hotel no Bairro Alto, em Lisboa, onde ia sempre com a tia. Nessa época ela tinha 22 anos. O encontro foi casual, mas não tardou a chegar o convite para a fotografar. Após as primeiras sessões fotográficas, entrou para a agência Just Models e seguiram-se logo os primeiros convites para desfilar. Conciliar os estudos e a moda não foi fácil, conta. Mas a prioridade sempre foi o curso de Psicologia.

A cabo-verdiana já participou em vários desfiles. Entre os com maior destaque, está o desfile com o estilista Dino Alves, nome conhecido da moda portuguesa, em 2012. "Já é Primavera El Corte Inglês SS/13", um desfile para VIP’s e pessoal da moda e as edições 2014 e 2015 da Black Fashion Week (encontro entre estilistas africanos e portugueses) foram alguns dos eventos em que Doila participou. Também fez campanhas publicitárias para Vodafone e Super Bock Angola, catálogos de noiva e até figuração num filme português de João Nicolau. Agora com o carimbo da Elite Lisbon, Neiridénia Doila Delgado quer chegar a outros patamares da carreira como modelo.

O plano é aventurar-se para o mercado de Londres ou Nova Iorque. Acredita que lá poderá ter outras oportunidades. É que, apesar da forte concorrência, a jovem modelo aposta nas suas características físicas. “As marcas cada vez mais procuram modelos de pele escura e exótica, que sejam excelentes profissionais”, diz. Doila revela que não tem preferências quanto a trajes para desfilar, mas reconhece que exibir vestidos longos é-lhe mais confortável.

Os primeiros passos

Apesar de entrar agora para as passarelas da fama, a paixão pela moda começou bem cedo, ainda na Escola Salesiana de Artes e Ofícios do Mindelo. "Era habitual haver actividades como teatro, dança, música, exposições e desfiles que todos os alunos podiam fazer. Eu participava em tudo, principalmente nos desfiles", diz.

Nessa altura, Doila estava longe de imaginar que, anos mais tarde e a estudar em Portugal (ingressou no curso de Psicologia em 2008), iria dar asas à carreira de modelo.

Conta que os pais nunca foram contra a ideia de ela ser modelo. "São o meu maior suporte. Acho que podiam ter apoiado mais, se eu tivesse levado mais a sério a ideia de ser modelo profissional. Eles incentivavam-me mais a estudar e sentia-me dividida porque estudar também sempre foi importante para mim. Então fui tentada a conciliar as duas coisas".

A moda em Cabo Verde

Sobre a moda cabo-verdiana, Doila pensa que "existe muito potencial, pois somos um povo criativo por natureza. Temos excelentes estilistas, designers e fotógrafos escondidos por aí. As nossas meninas são donas de uma beleza única que fazem a diferença no mundo da moda".

O que falta é promover esta riqueza, cá dentro e lá fora, e mostrar que Cabo Verde tem uma palavra a dizer no mundo da moda internacional. "Ainda é preciso muito trabalho, mas já estamos a dar os primeiros passos. Eu acompanho e mantenho-me informada sempre que posso".

Às jovens que aspiram entrar no mundo da moda, Doila deixa um conselho: “Corram atrás dos vossos sonhos, mas sempre com os pés assentes na Terra”.

Por: Odair Cardoso

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau