DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Ensino superior: Instituição portuguesa oferece isenção de propinas a estudantes cabo-verdianos 24 Junho 2015

O Instituto Politécnico de Castelo Branco está a oferecer para o ano lectivo 2015/2016 isenção de propinas no primeiro ano dos cursos de Electrónica e Telecomunicações, Nutrição Humana e Qualidade Alimentar e Engenharia Civil. Outras oito instituições dão descontos de 30 a 50% nas mensalidades. Estes acordos foram conseguidos pela Associação Maense em Portugal (AMP) e as inscrições podem ser feitas até o dia 08 de Julho. No total são 500 vagas.

Ensino superior: Instituição portuguesa oferece isenção de propinas a estudantes cabo-verdianos

Numa altura em que é cada vez mais difícil arcar com os custos do ensino superior, tanto para os que estudam em Cabo Verde como lá fora, eis a boa notícia: Há para o próximo ano lectivo 500 vagas dos quais, os estudantes cabo-verdianos podem beneficiar de descontos que vão até os 50% e isenção.

A iniciativa resulta de acordos entre a AMP e as instituições Portuguesas cujo objectivo é “melhorar o aproveitamento e a integração dos estudantes cabo-verdianos naquele país”.

Inscrição até 08 de Julho

As candidaturas decorrem até o dia 22 de Julho. Entretanto, devido ao processo de aquisição de visto, os candidatos devem manifestar o seu interesse (enviado seus dados à Associação Maense em Portugal) até o dia 08 de Julho.

De acordo com o presidente da AMP a selecção dos beneficiários será feita através de um júri criado pelas próprias instituições de ensino. Mas antes, as candidaturas deverão ser formalizadas através da AMP para que os candidatos possam usufruir dos benefícios do protocolo, assegurou.

Isenção de propina e até 50% de descontos

Das instituições que assinaram o acordo estão o politécnico de Castelo Branco que para além da isenção de propinas (para o primeiro ano) oferece 20% de desconto nos restantes anos.

As instituições de Coimbra, Guarda, Beja, Viana do Castelo, Instituto Superior de Paços de Brandão e Instituto Superior de Ciências Empresariais e Turismo do Porto dão um descontos de 30 a 50%.

De realçar que para os cursos profissionais (Paços de Brandão e do Alto Lima) os jovens beneficiarão de subsídio de alimentação, alojamento e material escolar gratuito, afirmou o presidente da AMP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau