CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Erupção vulcânica: Lava engole Sede do Parque Natural de Chã das Caldeiras 30 Novembro 2014

Foi sol de pouca dura. A erupção voltou a subir de intensidade na madrugada deste domingo, ameaçando destruir o resto que ainda sobrava da Chã das Caldeiras. A Sede do Parque Natural do Fogo foi literalmente engolida pelas lavas esta madrugada. As escoadas lávicas que ganharam força e retomaram o movimento seguem agora em direcção à zona de Portela, principal povoação de Chã das Caldeiras. Registam-se também fortes tremores em várias localidades vizinhas da Chã, como Cabeça Fundão, Estância Roque e Achada Furna.

Erupção vulcânica: Lava engole Sede do Parque Natural de Chã das Caldeiras

Depois de dois dias de serenidade, em que a população voltou às suas casas para tirar os seus pertences, toda a esperança de que a calma teria vindo para ficar morreu. A Protecção Civil em Chã das Caldeiras avançou ao asemanaonline que as lavas deslizam ao ritmo de 2/5 metros por hora.

Neste momento, a torrente já atingiu a estrada em direcção à Portela. Já a outra frente de lava mantém-se a 60 metros da Escola do ensino básico e a 30 metros do Hotel Pedra Brabo.

Com o agravar da situação, teme-se também o retomar das lavas em direcção a Sul porque nota-se um superaquecimento no local. A prioridade das autoridades é a evacuação de um grupo de jovens que ficaram em Chã das Caldeiras para cuidar dos animais. A tolerância para entrada de pessoas "é zero".

Até ao momento, conta-se como perdida a Sede do Parque Natural do Fogo, inaugurada este ano. As estradas para a Chã foram destruídas, hectares de terreno com milhares de plantas frutíferas e quinze casas também foram destruídos.

Nicolau Centeio

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau