ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Escola de Hotelaria e Turismo lança mais de 21 profissionais no mercado de trabalho 16 Dezembro 2017

Pelo menos 21 estudantes concluíram, esta sexta-feira, com a imposição de fitas, o curso profissional de Gestão Hoteleira - nível V, na Escola da Hotelaria e Turismo de Cabo Verde (EHTCV), com sede na cidade da Praia.

Escola de Hotelaria e Turismo lança mais de 21 profissionais no mercado de trabalho

Esta 1ª edição, que teve a duração de 24 meses e com a possibilidade de prosseguimento de estudos para uma Licenciatura em Gestão Hoteleira na Escola de Negócios e Governança da UNICV, constitui, segundo os professores, «a primeira iniciativa de efectiva integração que prevê a realização de dois anos de formação eminentemente técnica e tecnológica na EHTCV e os subsequentes dois anos, para os jovens interessados em prosseguir para uma Licenciatura em Gestão Hoteleira, na UNICV».

O curso visou preparar profissionais para executar operações de gestão hoteleira no âmbito do middle management ( Gestão intermédia ) em estabelecimentos hoteleiros e de restauração. Ele enquadrou duas vertentes da gestão hoteleira: Operação/gestão de Alimentos & Bebidas e a Gestão de Andares.

«Destinou-se a todos os formandos habilitados com o 12º ano de escolaridade, que pretendem obter uma qualificação especializada para o exercício da actividade técnico-profissional no domínio da Hotelaria e Restauração, em particular no contexto específico da gestão de operações hoteleiras (gestão de Alimentos e Bebidas, gestão de operações de alojamento hoteleiro) em estabelecimentos hoteleiros», refere a coordenação do curso.

Segundo os formadores, o curso visou adoptar os formandos de competências para executar e controlar o desenvolvimento de serviços de F&B, e executar e controlar o desenvolvimento de acções de recepção e acolhimento dos hóspedes, realizar actividades de governança, efectuar e controlar de serviços de front office em unidades hoteleiras, prestar informações sobre os serviços disponíveis, suas características e especificidades de funcionamento. Isto para além de prestar informação sobre o património histórico, cultural, etnográfico e gastronómico da região e do país, comunicar em Inglês, com um nível de desempenho independente nos serviços de hotelaria e comunicar em Francês, com um nível de desempenho também independente nos serviços de hotelaria.

Os mais de 21 finalistas vão agora, depois da imposição de fitas que ocorreu hoje na Escola de Hotelaria e Turismo, passar por um estágio profissional de dois meses e integrar, de seguida, no mercado de trabalho no sector de hotelaria e turismo em Cabo Verde.

De salientar que este curso foi lançado pelo anterior governo, através da então ministra da Juventude, Emprego, Formação Profissional e Segurança Social, Janira Hopffer Almada.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau