REGISTOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Escravatura na Líbia: Manifestação em Paris, reunião em Trípoli 20 Novembro 2017

Centenas de pessoas reuniram-se este sábado, em Paris, para protestar contra a escravatura na Líbia, após o alerta dado no documentário da cadeia de televisão americana CNN sobre a venda em leilão de imigrantes africanos na rota para a Europa.

Escravatura na Líbia: Manifestação em Paris, reunião em Trípoli

Mais de mil pessoas manifestaram-se este sábado, 18, em frente à embaixada da Líbia, a exigir uma tomada de posição do governo líbio sobre a escravatura naquele país do norte de África.

A indignação que se seguiu ao visionamento do documentário da CNN — sobre a existência de uma rede na Líbia, que ressuscita em pleno século XXI o infame mercado de escravos — fez com que as pessoas se juntassem espontaneamente.

O alerta sobre a ’horrenda situação’ foi dado no documentário da cadeia de televisão americana CNN sobre a venda em leilão, como outrora sob a escravatura, de imigrantes africanos na rota para a Europa.

A alguns quilómetros da capital tunisina, faz-se mais um leilão. A reportagem da CNN diz que em média são "22 leilões por mês". Tudo acontece em poucos minutos: apresenta-se um jovem, licita-se um preço que começa em 400 dólares e atinge os 1200 dólares. A venda realiza-se em menos de um minuto.

Os “migrantes” contaram à reportagem da CNN — realizada entre agosto e fins de outubro — sobre os inúmeros abusos a que os contrabandistas de homens os submetem.

Estão na Líbia, em centros de acolhimento de "migrantes", próximos à capital Trípoli. Vieram da Nigéria, do Gana, do Níger, atraídos por promessas de emprego na Europa. Fizeram longas travessias em rotas construídas por contrabandistas de homens a quem pagaram elevadas quantias. Pelo caminho foram submetidos a abusos, como o roubo do que traziam, trabalhos forçados, violências diversas. Muitos perderam a própria vida, pelo caminho. Fontes: CNN; RT News, Le Figaro.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau