INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Estados Unidos: Comandante e imediato do ‘USS McCain’ despedidos — colisão que matou 10 ‘marines’ era “evitável” 12 Outubro 2017

O comandante e o imediato do contratorpedeiro ‘USS McCain’, cuja colisão com um petroleiro filipino em Singapura resultou na morte de 10 ‘marines’, foram castigados com “perda de vínculo por justa causa”, informou a Marinha dos Estados Unidos esta terça-feira, 10.

Estados Unidos: Comandante e imediato do ‘USS McCain’ despedidos — colisão que matou 10 ‘marines’ era “evitável”

O inquérito iniciado em setembro, dias depois do fatal acidente, evidenciou “vários factos inquietantes” — que os dirigentes do ramo da Armada relataram ao Congresso —, tais como a formação deficiente dos marinheiros e a exaustão física.

Os “marines”, além de terem recebido um treino insuficiente, chegam a trabalhar 100 horas semanais, o que segundo os responsáveis da Armada, pode ter determinado que em dois meses tivessem ocorrido duas colisões na 7ª Frota, em 17 de junho o do ‘USS Fitzgerald’ e em 20 de agosto o do ‘USS McCain’, que resultaram em dezassete mortes.

Segundo o Washington Post escreve esta quarta-feira, desde 2001 que a procura de ativos da Marinha aumentou, mas o número de navios foi reduzido em 20% desde então. Diante das ameaças persistentes da Coreia do Norte e das crescentes ambições da China, as autoridades dos Estados Unidos decidiram, através dos “Marines” da 7ª Frota estacionados nas bases da zona de tensão Coreia-Japão, manter “uma presença constante e robusta” no Pacífico Ocidental em particular.

Quatro acidentes este ano com a mesma frota americana sediada no Japão

Segundo o Washington Post, é o quarto acidente grave a envolver este ano um navio da 7ª Frota dos Estados Unidos, sediada em Yokosuka e formada por 80 submarinos e navios. O primeiro foi, a 31 de janeiro, o encalhe do ‘USS Antietam’ na Baía de Tóquio. Em 9 de maio, o ‘USS Lake Champlain’ colidiu com um pesqueiro sul-coreano, na costa leste da Península da Coreia. O terceiro e o quarto, mais graves, ocorreram em 17 de junho e em 20 de agosto.

Dois meses antes do acidente que, em agosto, vitimou quinze tripulantes — dez mortos e cinco feridos —, a colisão, em junho, entre o contratorpedeiro ’USS Fitzgerald’ e um cargueiro filipino ao largo do Japão fez dez mortos. A investigação, que apontou falhas graves cometidas pelos membros da tripulação, determinou a punição de doze membros do ‘USS Fitzgerald’. O comandante, o vice-comandante e o imediato foram castigados com “perda de vínculo por justa causa”.

Fonte: Washington Post. Foto: ’Destroyer USS McCain’, com o casco arrombado após a colisão de 20 de agosto (data dos EUA, em Singapura era já dia 21) . Link: Singapura: Mais uma colisão de contratorpedeiro da 7ª Frota na zona de tensão, vitimados 15 ‘marines’ 22 Agosto 2017

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau