ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Faltam dois metros de água para barragem de Figueira Gorda transbordar 02 Novembro 2015

Faltam dois metros de água para a barragem de Figueira Gorda transbordar. A afirmação é da delegada do Desenvolvimento Rural de Santa Cruz, Larissa Varela, que diz estar à espera dessa descarga de água, que vai facilitar a remoção do lixo acumulado na infraestrutura hidráulica.

Faltam dois metros de água para barragem de Figueira Gorda transbordar

A delegada do MDR em Santa Cruz explica que a barragem de Figueira Gorda ainda não foi limpa porque as cheias continuam a entrar na albufeira, uma vez que ainda chove no interior.

Larissa Varela deixa claro que a limpeza da barragem não é urgente e que a situação está a ser seguida pelas autoridades, sobretudo as sanitárias. Aquela responsável diz não corresponder à verdade que o lixo está a causar proliferação de mosquitos. “Nem um quarto da superfície da albufeira está coberto de lixo”, sublinha Varela, lembrando que os peixes gambúzios continuam no local e a reproduzir sem problemas.

À semelhança do que aconteceu com a barragem de Poilão, onde o lixo saiu pelo descarregador da infraestrutura, Larissa Varela espera que isso venha a acontecer com a da Figueira Gorda depois que esta transbordar.

Depois disso, quando houver “condições claras e sustentáveis para fazer essa limpeza", acontecerá a remoção do lixo, garante Larissa. Para isso, serão accionados os parceiros – Forças Armadas, SONERF e Câmaras Municipais.

Entretanto, a delegada anuncia que a areia que está a entrar na barragem de Poilão - e que facilita a invasão das propriedades agrícolas em Levada, provocando a fúria dos agricultores e proprietários de terreno - vai ser removida e os tubos danificados serão reparados.

AN

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau