SOCIAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Fogo: Acidentes de viação provocam três feridos graves e dois ligeiros 27 Setembro 2017

Dois acidentes de viação ocorridos no início da noite desta terça-feira, no município de São Filipe, na ilha do Fogo, provocaram três feridos graves e dois ligeiros. Um dos acidentes ocorreu na estrada que liga Santo António a cidade de São Filipe, quando uma viatura de marca “Toyota Dina” embateu num murro de protecção de uma habitação, tendo provocado três feridos, dois dos quais (mãe e filha) foram encaminhados para o hospital central da Praia.

Fogo: Acidentes de viação provocam três feridos graves e dois ligeiros

O director do hospital regional Fogo e Brava, Evandro Monteiro, disse à Inforpress que as duas vítimas foram encaminhadas quarta-feira para o hospital central para continuidade dos tratamentos já que apresentam politraumatismo, observando que a mãe foi submetida a uma intervenção cirúrgica de emergência para estabilizar o seu quadro clínico.

O outro acidente aconteceu num dos bairros de Santa Filomena, quando um adolescente que fazia o percurso do III Congresso para Santa Filomena, devido a falhas no sistema de travação de uma bicicleta, terá embatido contra um jovem, provocando ferimentos em ambos.

O adolescente encontra-se no serviço de observação e em estado que aspira cuidados, enquanto o jovem recebeu tratamento hospitalar, já que teve ferimentos na cabeça, braços e outra parte do corpo, mas regressou à casa na noite de quarta-feira.

Evandro Monteiro, director do hospital regional São Francisco de Assis e da Região Sanitária Fogo e Brava chama a atenção para o aumento de casos de acidentes e com situações anómalas, situação que, segundo ele, necessita de alguma avaliação e reflexão.

Para este responsável do hospital é preciso uma reflexão conjunta dos responsáveis do hospital, da Policia Nacional, da aviação e das escolas de condução no sentido de melhor capacitar os condutores e educar a população para respeitar os sinais de trânsito, realização de teste de álcool, para diminuir esta problemática que cada vez tem contornos mais preocupantes.

Observou que os acidentes, mesmos os de pequena dimensão, acarretam grandes prejuízos quer para a estrutura de saúde como para a própria família dos acidentados com o tratamento.

Evandro Monteiro defende, igualmente, a criação de uma rede intermunicipal de ambulância ou de serviço de emergência que actua em sintonia em casos de acidentes envolvendo várias entidades como hospital, câmaras, bombeiros, Polícia Nacional.

Este serviço deve ter pessoas preparadas para cuidar, neutralizar acidentados, fazer o levantamento e encaminhamento para o hospital em melhores condições de segurança, advogou o medico cirurgião do Fogo.

C/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau